Logo R7.com
Logo do PlayPlus
JR 24H
Publicidade

PF conclui que Bolsonaro cometeu crime ao associar vacina contra a covid ao vírus da Aids

Agora o relatório deve seguir para a Procuradoria Geral da República

JR na TV|Do R7

A Polícia Federal concluiu que o presidente Bolsonaro cometeu crime ao associar, durante uma live, o uso da vacina contra a COVID-19 ao vírus da Aids. O relatório da PF, enviado ao Supremo Tribunal Federal, indica que Bolsonaro também cometeu o delito de incitação à crime sanitário por estimular que as pessoas não usassem máscaras para se proteger. Agora o documento deve seguir para a Procuradoria Geral da República, que vai decidir se arquiva ou oferece denúncia contra Bolsonaro. O Palácio do Planalto ainda não se manifestou.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.