Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

PF indicia Bolsonaro e outras 16 pessoas por suposta falsificação de comprovantes de vacinação

Trechos da delação do ex-ajudante de ordens de Bolsonaro, Mauro Cid, deram base ao relatório enviado ao STF

JR na TV|

A Polícia Federal indiciou o ex-presidente Jair Bolsonaro e outras 16 pessoas na investigação de um suposto esquema de falsificação de comprovantes de vacinação contra a Covid-19. Trechos da delação do ex-ajudante de ordens de Bolsonaro, Mauro Cid, deram base ao relatório enviado ao Supremo Tribunal Federal. As investigações apontaram que um grupo ligado ao ex-presidente inseriu informações falsas de vacinação contra a Covid-19 no ConecteSUS, sistema do Ministério da Saúde. Os dados foram incluídos dias antes do ex-presidente viajar aos Estados Unidos em dezembro de 2022, no fim do mandato como presidente. Segundo a investigação, uma impressora do Palácio da Alvorada, residência oficial da Presidência da República, foi usada para imprimir os certificados.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.