Balanço Geral MG Cantora gospel suspeita de golpes é beneficiada com prisão domiciliar

Cantora gospel suspeita de golpes é beneficiada com prisão domiciliar

Agora, Isabela Cristi Gomes Barros, de 28 anos, passará a ser monitorada por tornozeleira eletrônica

A cantora gospel Isabela Cristi Gomes Barros, de 28 anos, suspeita de aplicar golpes de pirâmide financeira, deixou o presídio de Vespasiano, na região metropolitana de Belo Horizonte, na tarde desta quarta-feira (1º). A Justiça de Minas Gerais concedeu a prisão domiciliar à suspeita na última segunda-feira (30). Agora, ela passará a ser monitorada por tornozeleira eletrônica.

Últimas