Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Polícia de MG prende mais de 60 suspeitos com tornozeleiras eletrônicas no Carnaval

Entre os perfis, estão pessoas que cometeram crimes como o previsto na Lei Maria da Penha

Balanço Geral MG|

A Polícia Militar de Minas Gerais prendeu mais de 60 suspeitos que usavam tornozeleiras eletrônicas durante o Carnaval. Entre os perfis, estão pessoas que cometeram crimes como o previsto na Lei Maria da Penha.

Em entrevista à Record Minas, nesta quarta-feira (14), o capitão da PM, Jeferson Costa, afirma que os suspeitos foram reconduzidos para a reavaliação do direito de estar em regime aberto.

Ainda segundo o militar, tecnologias possibilitaram a identificação com precisão dos suspeitos, como os drones.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.