Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Batida entre moto aquática e lancha deixa dois mortos em MG

Acidente aconteceu na zona rural de Fronteira (MG), na divisa com o Estado de São Paulo; entre as vítimas está adolescente de 13 anos

Minas Gerais|Antonio De Paulo, da Record TV Minas

Piloto da moto aquática e passageiro da lancha não resistiram ao acidente
Piloto da moto aquática e passageiro da lancha não resistiram ao acidente Piloto da moto aquática e passageiro da lancha não resistiram ao acidente (Corpo de Bombeiros de Minas Gerais)

Um acidente envolvendo uma lancha e uma moto aquática terminou com a morte de duas pessoas, e deixou outras três feridas, neste sábado (20) em Fronteira (MG), cidade da região do Triângulo Mineiro que fica a 648 quilômetros de Belo Horizonte.

De acordo com o Corpo de Bombeiros, os dois veículos aquáticos navegavam no Rio Grande, bacia da região Sudeste do Brasil que delimita a divisa entre os Estados de Minas Gerais e São Paulo. O acidente aconteceu na altura da zona rural do município mineiro, próximo da rodovia BR-153. Ainda não se sabe a dinâmica da batida.

O primeiro socorro foi feito por médicos do Hospital Municipal de Fronteira (MG). No local eles confirmaram as mortes. Não resistiram ao acidente o piloto da moto aquática, um homem de 36 anos, e um adolescente de somente 13 anos de idade.

O adolescente estava como passageiro na lancha. Ainda no veículo estavam outras três pessoas. Elas foram socorridas e levadas, de ambulância, para o Hospital Municipal. Ainda segundo os Bombeiros, os três tiveram ferimentos leves.

Os corpos das vítimas foram removidos pela Polícia Civil e levados para o IML (Instituto Médico Legal) de Frutal (MG). A Capitania dos Portos, instituição vinculado à Marinha do Brasil, responsavel pela investigação de acidentes aquáticos, já foi informada sobre o acidente.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.