Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Corpo que seria de motorista de app desaparecido em Itabirito (MG) é encontrado em rio

Segundo a polícia, família identificou Leone Lucas dos Santos por meio de uma tatuagem

Minas Gerais|do R7, com Shirley Barroso

Corpo de motorista foi encontrado nesta quarta-feira (13)
Corpo de motorista foi encontrado nesta quarta-feira (13) Corpo de motorista foi encontrado nesta quarta-feira (13) (Corpo de Bombeiros/Divulgação)

Foi encontrado, nesta quarta-feira (3), o corpo que seria do motorista de aplicativo desaparecido em Itabirito, a 57 km de Belo Horizonte. Segundo a polícia, o corpo estava dentro de um rio e foi identificado inicialmente pela família por meio de vídeos. Uma tatuagem teria ajudado na confirmação feita pelos parentes. A vítima ainda vai passar por exames para confirmação.

Quatro pessoas foram presas suspeitas de matar Leone Lucas dos Santos, de 22 anos. O jovem estava desaparecido desde o dia 28 de dezembro.

Clique aqui e receba as notícias do R7 no seu Whatsapp

Compartilhe esta notícia pelo WhatsApp

Publicidade

Compartilhe esta notícia pelo Telegram

Assine a newsletter R7 em Ponto

Publicidade

Segundo o delegado Alexandre Oliveira, o objetivo do grupo seria roubar o carro da vítima. Os presos são dois casais. As duas mulheres, irmãs, de 29 e 31 anos, e os dois homens, de 25, além um menor de 16 anos. Três deles se entregaram à polícia com medo de serem mortos.

Horas antes do crime, o grupo teria participado de um churrasco em Betim, na região metropolitana. Na volta para Itabirito, o carro de uma das mulheres estragou e eles resolveram acionar um motorista por aplicativo, informou a Polícia Civil.

Publicidade

Leone Santos, que trabalhava há quatro anos como motorista de aplicativo, estava próximo ao local onde o grupo fez a chamada. Ele aceitou receber R$ 150 para levar o grupo do bairro Olhos d’Água, na região oeste de BH, para Itabirito.

Alerta

Durante a viagem, o motorista desconfiou dos passageiros. Parou em um posto de combustíveis para abastecer e enviou mensagens para um amigo.

No texto, Santos disse estar desconfortável com os passageiros. Ele escreveu para onde estava indo. Cerca de uma hora depois, o amigo chamou o motorista, mas o celular do jovem passou a não receber mais as mensagens.

Os suspeitos contaram à polícia que o corpo da vítima foi jogado em um rio durante o trajeto até Itabirito. Após a confissão, a polícia acionou o Corpo de Bombeiros. No local onde o motorista foi jogado, durante as buscas, outros três corpos de pessoas desconhecidas foram localizados. A polícia ainda não os identificou.

Até o momento, somente o carro do jovem foi encontrado em um matagal. Os pertences dele foram encontrados a poucos metros do local onde o veículo foi abandonado.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.