Minas Gerais Dois homens são presos por roubar e clonar veículos na Grande BH

Dois homens são presos por roubar e clonar veículos na Grande BH

Dupla é suspeita também de vender carros clonados para outros criminosos; eles foram presos em Contagem (MG)

  • Minas Gerais | Virgínia Nalon e Ricardo Vasconcelos, da RecordTV Minas

Circuito interno flagrou o momento do roubo em Contagem (MG)

Circuito interno flagrou o momento do roubo em Contagem (MG)

Reprodução/Redes Sociais

Dois jovens, de 18 e 21 anos, foram presos por suspeita de roubar carros, clonar e vender os veículos para outros criminosos, por volta de 20h desta sexta-feira (23), no bairro Jardim do Lago, em Contagem, região metropolitana de Belo Horizonte.

A busca pelos homens começou na noite de quinta-feira (22), depois que eles e um comparsa usaram uma réplica de arma de fogo para roubar um carro no bairro Cabral, também em Contagem. Por volta das 19h, os dois suspeitos viraram uma esquina e seguiram em direção ao veículo. Ao perceber a aproximação da dupla, a mulher, que estava sozinha dentro do carro, acendeu os faróis. Um terceiro homem ficou em outro veículo, dando suporte aos comparsas.

 Compartilhe esta notícia no WhatsApp
 Compartilhe esta notícia no Telegram

“Só pediram que eu descesse do carro e que entregasse a chave pra eles seguirem”, contou a mulher assaltada. Um dos suspeitos apontou a arma para a vítima, enquanto o outro abria a porta do passageiro e entrava no carro.

A vítima saiu assustada, mas voltou e ainda conversou com o ladrão. “Eu tirei a chave da ignição de uma maneira um pouco intempestiva, vamos falar assim, e joguei no assoalho. Ele não 'tava' achando, achou que eu tinha pego a chave. Eu só voltei e informei que 'tava' no chão, que ele ficasse calmo, e podia pegar e levar”, relatou a vítima.

Os assaltantes fugiram em seguida. Depois do roubo, a PM (Polícia Militar) começou um rastreamento para tentar localizar os suspeitos. Cerca de 24 horas depois, os militares descobriram o endereço de um deles.

O carro usado para dar cobertura aos suspeitos era da mãe do homem. No local, os policiais apreenderam a réplica de pistola usada no assalto e recuperaram o carro e o celular da vítima.

O vídeo de um circuito de segurança ajudou na identificação. Os policiais cercaram a casa, mesmo assim os criminosos tentaram fugir. Em menos de um dia, o veículo já tinha sido clonado. As placas originais também foram recolhidas. A dupla confessou o crime. O comparsa, que deu suporte à dupla, ainda não foi preso.

O carro prata usado para levar os bandidos até a cena do crime também foi apreendido.
A dona do veículo disse que não sabia que o filho estava envolvido.

A rua onde o assalto aconteceu é uma das principais do bairro Cabral. Apesar do movimento, a polícia diz que registra muitos casos de roubos na região e muitos assaltos acontecem por distração das vítimas.

Últimas