Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Homem é preso por importunação sexual em Contagem (MG)

Vítima deu voz de prisão ao suspeito, que tentou fugir; homem de 46 anos já havia sido preso no ano passado pelo mesmo crime

Minas Gerais|Ricardo Vasconcelos, da Record TV Minas

Advogada sofreu várias escoriações ao cair na rua, na tentativa de segurar o suspeito
Advogada sofreu várias escoriações ao cair na rua, na tentativa de segurar o suspeito Advogada sofreu várias escoriações ao cair na rua, na tentativa de segurar o suspeito

Um homem de 46 de anos foi preso pelo crime de importunação sexual, na tarde desta sexta-feira (21), no bairro Tropical, em Contagem, na região metropolitana de Belo Horizonte. Segundo a Polícia Militar, o suspeito estava em um ponto de ônibus quando se masturbou na frente de uma advogada criminalista, de 33 anos.

Ainda segundo a PM, a vítima, ao ver o que acontecia, usou o celular para filmar a cena e produzir provas. A advogada ainda deu voz de prisão ao suspeito e o segurou pela mão, enquanto uma amiga da mulher tentava filmar a cena e acionar o 190. O suspeito, então, se desvencilhou e correu.

A advogada foi atrás, tentou segurar o suspeito pela camisa e acabou caindo, sofrendo algumas escoriações. Populares acabaram intervindo e segurararam o homem até a chegada das viaturas. 

Ainda segundo a PM, o suspeito usava tornozeleira eletrônica por conta de ter cometido justamente um crime de importunação sexual, em janeiro do ano passado. Ele ficou preso de fevereiro à março, quando foi solto, vindo, agora, a cometer o mesmo crime. Ele foi encaminhado à delegacia de plantão de Contagem, de onde foi conduzido ao sistema prisional.

A defensora precisou ser medicada em um hospital e depois seguiu para exame de corpo de delito no IML (Instituto Médico Legal) da Gameleira, na região Oeste da Capital.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.