Minas Gerais Idosa morre em restaurante na região Centro-Sul de BH

Idosa morre em restaurante na região Centro-Sul de BH

Mulher estava acompanhada de parentes quando se sentiu mal; suspeita é a de que ela tenha engasgado com frutos-do-mar 

  • Minas Gerais | Ricardo Vasconcelos, da Record TV Minas

Idosa estava com parentes no restaurante quando teria engasgado

Idosa estava com parentes no restaurante quando teria engasgado

Google Street View

A Polícia Civil instaurou um inquérito para investigar a morte de uma idosa de 86 anos, na noite desse sábado (13), em um restaurante no bairro Anchieta, na região Centro-Sul de Belo Horizonte. Os bombeiros foram acionados ao local e tentaram reanimar a mulher, mas ela não resistiu. A suspeita é a de que ela tenha engasgado com frutos-do-mar.

Segundo os bombeiros, Zélia Maria Ramalho Cordeiro estava acompanhada de parentes quando se sentiu mal. Ela teria recebido atendimento de uma médica, que estava no restaurante. Além dos bombeiros, o SAMU (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) também esteve no restaurante, mas nenhuma das equipes conseguiu reanimar a idosa.

O corpo foi encaminhado ao IML (Instituo Médico Legal), por onde passou por exames. Em até 30 dias deve ser emitido um laudo apontando as causas da morte. A Polícia Civil informou que irá investigar o que aconteceu.

Zélia Ramalho foi velada neste domingo (14), em Belo Horizonte. Depois, foi cremada em um cemitério na região Oeste da Capital. O restaurante não foi encontrado para falar sobre o caso.

Veja a íntegra da nota da Polícia Civil

A Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) requisitou a presença da perícia oficial para coletar elementos e averiguar o fato ocorrido ontem (13/5) no bairro Anchieta, na capital. O corpo da vítima, mulher de 86 anos, foi encaminhado ao Instituto Médico-Legal Doutor André Roquette (IMLAR) para ser submetido a exames. A PCMG esclarece que irá apurar as circunstâncias do ocorrido.

Últimas