Minas Gerais Médico tranquiliza crianças a caminho da sala de cirurgia em MG com fantasias de super-heróis

Médico tranquiliza crianças a caminho da sala de cirurgia em MG com fantasias de super-heróis

Cirurgião de Divinópolis disse que passou a distrair os pequenos pacientes para evitar choro e nervosismo 

  • Minas Gerais | Do R7, com Hoje em Dia

Cirurgião conta que passou a distrair os pequenos pacientes para evitar choro e nervosismo

Cirurgião conta que passou a distrair os pequenos pacientes para evitar choro e nervosismo

Reprodução/ Redes sociais

Um médico da cidade de Divinópolis, a 124 km de Belo Horizonte, caiu nas graças de internautas ao aparecer me vídeos "transformando" crianças em super-heróis para minimizar a tensão dos pequenos pacientes no centro cirúrgico.

Nos vídeos, com milhares de visualizações, é possível ver Leandro Brandão carregando as crianças até o bloco cirúrgico. O médico, que opera crianças há 12 anos, conta que teve a ideia de deixar a entrada para a cirurgia mais leve após notar que as crianças e os pais ficavam muito tensos antes dos procedimentos.

"Depois que entrei com uma menininha chorando nos meus braços [no centro cirúrgico], há muitos anos atrás, eu prometi para mim mesmo que nunca mais ia fazer isso", diz. 

O médico, que gostava de arte e já fez aulas de teatro, pensou em uma forma de divertir as crianças. As fantasias de super-heróis e princesas foram produzidas por ele. "Eu imaginei que entrar com crianças fantasiadas, com capa, com máscara, isso é legal, as crianças iriam gostar. E não deu outra, todas as crianças, com raras exceções, ficam empolgadas quando vêem a fantasia e escolhem qual herói ou princesa querem vestir", relata.

"Cada época eu tenho uma fantasia diferente lá no hospital. Isso já muda o ambiente, muda o ânimo da criança, dos pais. A criança que, às vezes, estava apreensiva, cansada, com sono porque teve que acordar muito cedo, em jejum, então com fome, nervosa, esquece tudo e quando veste a fantasia e entra na brincadeira", completa. 

Após publicar um vídeo com crianças entrando no bloco cirúrgico, o número de seguidores de Brandão na internet passou de 5.000 para mais de 100 mil. A mãe de um dos meninos contou que ela e o filho adoraram o tratamento dado pelo médico.

"Quando o Léo viu as fantasias, ficou muito animado. E a tranquilidade e intimidade que ele teve com o Dr. Leandro naquele momento me deixou muito tranquila e segura. Ele entrou no bloco sem olhar para trás, correndo e sorrindo", conta Júlia Dias, mãe do paciente Léo.

Últimas