Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Morre caminhoneiro socorrido por aeronave que fez pouso forçado em avenida de BH

Uender Silva de Alencar, de 30 anos, ficou 45 dias internados e passou por seis cirurgias em hospital da capital mineira

MG no Ar|

Morreu na noite desta quarta-feira (21), o caminhoneiro, que havia sobrevivido a um acidente no Anel Rodoviário e a um pouso forçado de uma aeronave da PRF que realizava o seu socorro, no dia 8 de janeiro deste ano, em Belo Horizonte. 

A morte de Uender Silva de Alencar, de 30 anos, foi confirmada às 19h55, após 45 dias de internação. Segundo o laudo médico, a morte foi causada por politraumatismo complicado por choque séptico. Durante o período em que ficou hospitalizado, Uender passou por seis cirurgias abdominais e ortopédicas. A última delas foi realizada no dia 7 de fevereiro.

Segundo a família, o impacto causado durante o pouso forçado provocou uma lesão no abdome de Uender. Ele estava sendo socorrido quando o helicóptero da PRF perdeu rotação e precisou fazer um pouso de emergência na avenida.

No momento do acidente, havia seis pessoas no helicóptero, três tripulantes da PRF dois socorristas e o Uender. Ele havia saído de Goiás e transportava caroço de algodão, ficou presos às ferragens, apresentava várias fraturas e por isso precisou ser socorrido pela aeronave.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.