Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Vivendo em rua sem acesso para ambulância, vizinhos usam carroça para levar idoso ao médico em MG

Acesso à casa do homem de 88 anos é por via de terra e com crateras ou por ponte improvisada, em São Joaquim de Bicas

MG Record|

Um idoso de 88 anos precisou ser transportado em uma carroça para receber atendimento médico em São Joaquim de Bicas, na região metropolitana de Belo Horizonte. Segundo vizinhos, a ambulância não chega até a casa dele por causa das condições das estradas de terra, cheias de buracos, na Segunda Sessão do bairro Vale do Sol. Existem dois caminhos possíveis até o local. Um é por uma rua de terra e com muitos buracos. O outro, é por uma ponte improvisada, de madeira, feita pela própria população.

Os denunciantes relatam que tiveram dificuldades em garantir atendimento médico para Manoel por, pelo menos, três vezes. Uma gravação mostra o idoso caminhando a passos lentos por cima da ponte improvisada e sendo amparado até chegar onde um carro pudesse buscá-lo. Em outro dia, moradores registraram quando o idoso atravessou a estrutura de madeira com a ajuda de dois vizinhos. Ao chegar do outro lado, ele foi carregado nos braços até a ambulância que aguardava por ele.

Na última vez, nesta quarta-feira (27), não era possível passar pela ponte improvisada, já que o idoso não tinha forças para caminhar até o local. A solução encontrada pelos colegas foi usar uma carroça para fazer o resgate. “Subimos com ele até a rua Cinco. Tem muito mato no caminho. Demoramos 20 minutos ou mais”, lamenta o vizinho Márcio Gualberto Arruda.

Manoel segue internado. A reportagem procurou a Prefeitura de São Joaquim de Bicas para comentar sobre o assunto e aguarda retorno.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.