Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Motorista abandona carro e vai embora após reagir a assalto e matar suspeito em BH, diz PM

Testemunhas contam que o homem estava com o filho no veículo quando o automóvel foi abordado; família ainda não foi localizada

Minas Gerais|João Pedro Gruppi, da Record TV Minas

Carro foi abandonado com os suspeitos dentro
Carro foi abandonado com os suspeitos dentro Carro foi abandonado com os suspeitos dentro

Uma suposta tentativa de roubo de carro terminou com um dos suspeitos do crime morto, neste sábado (29), no anel rodoviário de Belo Horizonte, no bairro Dom Cabral, na região noroeste da cidade. Segundo a PM (Polícia Militar), o motorista do veículo e uma criança que seria filha dele abandonaram o carro após o caso e ainda não foram localizados.

· Compartilhe esta notícia no WhatsApp

· Compartilhe esta notícia no Telegram

O veículo foi visto descontrolado na marginal do anel rodoviário até que parou em um canteiro. Testemunhas relataram à polícia que pai e filho desceram e contaram que foram abordados por dois assaltantes quando saíram de um festival de pipas.

Publicidade

O homem ainda contou às testemunhas que reagiu à abordagem, entrou em luta corporal com os suspeitos e conseguiu tomar a arma de fogo, atirando nos ladrões. Os supostos assaltantes são dois jovens de 24 anos.

O motorista e a criança foram embora antes da chegada da PM (Polícia Militar), que foi acionada via número 190. Testemunhas não viram o momento em que pai e filho deixaram o local e não sabiam o motivo de o carro ter sido abandonado lá.

Publicidade

Os militares encontraram no local um revólver calibre 38. O suspeito que sobreviveu estava no banco do motorista. Ele foi levado para o Hospital João 23 em estado grave em uma ambulância do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) e continua entubado na unidade hospitalar, sem conseguir falar.

Com a placa do automóvel, policiais chegaram até um homem que seria o proprietário. Em contato por telefone, ele informou aos agentes que estava no interior do estado e que já vendeu o veículo a outro homem que, até o momento, não foi localizado. O caso está sob investigação.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.