Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Motorista é vítima de latrocínio em Ribeirão das Neves (MG)

Inicialmente, PM havia registrado ocorrência como acidente de trânsito, porém, depois, constatou que vítima foi esfaqueada

Minas Gerais|Ricardo Vasconcelos, da Record TV Minas

Motorista perdeu controle da direção e capotou em lote vago
Motorista perdeu controle da direção e capotou em lote vago Motorista perdeu controle da direção e capotou em lote vago

Um motorista de aplicativo foi vítima de latrocínio, por volta de 14h desta terça-feira (23), no bairro Jardim Verona, em Ribeirão das Neves, na região metropolitana de Belo Horizonte. A vítima, Roniele dos Santos Rodrigues, de 35 anos, foi esfaqueado ao menos três vezes.

As informações são da Polícia Militar, que conseguiu prender o suspeito do crime pouco tempo após o assassinato, no conjunto habitacional conhecido como "Carandiru", que fica na mesma região.

Inicialmente, a ocorrência entrou para a PM como acidente de trânsito, uma vez que o motorista desceu uma rua em alta velocidade e capotou o carro em um lote vago. Moradores da região desviraram o veículo e acionaram a PM. O SAMU (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) também foi chamado e verificou que a vítima não resistiu aos ferimentos.

A perícia também foi chamada ao local e aí constatou que a vítima havia sido perfurada e que o celular havia sido roubado. Essa constatação somente aconteceu durante a noite, quando a ocorrência deixou de ser acidente de trânsito e passou para latrocínio, roubo seguido de morte.

Publicidade

Amarrado

Durante as diligências, a PM conseguiu encontrar o suspeito do crime, inclusive, já estava com as mãos amarradas e presas em uma grade no conjunto de prédios onde mora, "Carandiru". Preso em flagrante, disse que um amigo foi quem chamou o carro para fazer uma corrida, porém, durante a viagem, teria sido assediado pelo motorista e, aí, atacou Roniele, fugindo do carro na sequência. Ferido, Roniele perdeu o controle da direção e capotou o veículo, um Volkswagen Gol.

Ainda de acordo com a PM, o suspeito estava com o celular da vítima. Ele foi encaminhado à 10ª Delegacia de Plantão de Ribeirão das Neves. Informações da PM revelam que o motorista era caminhoneiro e completava a renda como motorista de aplicativo. Era casado há oito anos e pai de três filhos.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.