Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Motorista que sobreviveu a acidente no Anel e à falha em helicóptero aguarda cirurgia em BH

Esposa informou que Uender está acordado, mas sente muita dor nas pernas, pois ainda espera liberação para cirurgia

Minas Gerais|Maria Luiza Reis, Do R7 e Núbia Roberto, da Record Minas

Motorista está internado no Hospital João 23
Motorista está internado no Hospital João 23 Motorista está internado no Hospital João 23 (Reprodução/Redes Sociais)

A vítima do acidente, que envolveu cinco caminhões no bairro Betânia, em Belo Horizonte, e que também estava dentro do helicóptero da PRF (Polícia Rodoviária Federal) que fez um pouso forçado em plena avenida Tereza Cristina na semana passada, está acordado e aguarda cirurgia nas pernas. A informação foi confirmada pela esposa do motorista, nesta terça-feira (16). 

Clique aqui e receba as notícias do R7 no seu Whatsapp

Compartilhe esta notícia pelo WhatsApp

Compartilhe esta notícia pelo Telegram

Publicidade

Assine a newsletter R7 em Ponto 

Por telefone, Tayanara Ribeiro contou que chegou a Belo Horizonte nesta segunda-feira (15), uma semana após o acidente. Segundo ela, o marido Uender Silva de Alencar, de 30 anos, está bem, mas sente muita dor nas pernas porque ainda precisa por um procedimento cirúrgico. Tayanara fez uma 'vakinha' nas redes sociais para conseguir arrecadar o dinheiro necessário para vir até a capital mineira. Ela está hospedada em uma casa próxima ao Hospital João 23, onde o marido está internado. 

Publicidade

A família é natural de Goiatuba (GO), cidade que fica a 176 Km da capital Goiânia. Ao saberem na notícia do acidente, os pais de Uender vieram para Belo Horizonte acompanhar a recuperação do filho. O motorista precisou ser intubado ao dar entrada no pronto-socorro. 

Relembre o caso

Publicidade

Um helicóptero da PRF precisou fazer um pouso emergencial, no dia 08 de janeiro (8), poucos segundos após decolar para transportar Uender Silva, vítima de um acidente ocorrido no Anel Rodoviário, na região oeste de Belo Horizonte. Na decolagem, a força do vento provocado pelas hélices da aeronave destelhou casas e, pouco depois, ela perdeu força e precisou pousar na avenida Tereza Cristina. Câmeras flagraram o momento.

A causa da falha no helicóptero é desconhecida. A Aeronave foi retirada da pista cerca de 12 horas depois e técnicos do Cenipa (Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos) vieram a Belo Horizonte para fazer uma análise técnica do que pode ter provocado o acidente.

Não há prazo para que o relatório seja divulgado.

Motorista flagrou momento que helicóptero quase atinge carros. Assista: 

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.