Minas Gerais 'Não é hora de Carnaval em BH', reafirma Alexandre Kalil

'Não é hora de Carnaval em BH', reafirma Alexandre Kalil

Prefeito disse, mais uma vez, que a folia não deve acontecer na capital: 'É uma falta de inteligência absoluta pensar nisso agora'

  • Minas Gerais | Ana Gomes, do R7

Kalil também falou sobre o Réveillon

Kalil também falou sobre o Réveillon

Amira Hissa/PBH

Alexandre Kalil (PSD) voltou a afirmar, na tarde desta sexta-feira (10), que Belo Horizonte não deve ter Carnaval. O prefeito de Belo Horizonte disse que ainda não é momento de realizar a festa.

“Meu pensamento todo mundo já sabe. Não é hora de Carnaval. Nós estamos saindo da guerra, não vamos voltar por uma questão de três, quatro dias. É uma bobagem absoluta. É uma falta de inteligência absoluta pensar nisso agora”, afirmou o chefe municipal.

A declaração foi feita em visita à Horta Comunitária Tudo Saudável, no bairro Jardim Vitória, na região nordeste da capital. Kalil voltou a fazer um apelo sobre a folia: “Eu peço à população que tenha muito juízo, porque nós sofremos muito”.

Já sobre o Réveillon, o político disse que a cidade não tem eventos organizados pela prefeitura na data. “Belo Horizonte não tem características de Réveillon. Réveillon é em Copacabana. Então, relevante é o Carnaval”, declarou em entrevista aos jornalistas.

Impasse do transporte público

Alexandre Kalil também voltou a falar sobre o transporte público em Belo Horizonte. O prefeito disse que há diálogo com as empresas de coletivos e que os moradores serão prioridade.

“Ninguém está em guerra sobre o que todo mundo precisa. Há o diálogo aberto, e não há demagogia. Quem precisa de transporte público não é político, que anda com motorista. Quem precisa é o povo pobre. Nós precisamos cuidar desse assunto", afirmou Kalil.

Nesta quinta-feira (9), o chefe municipal já tinha afirmado que o valor da passagem não iria aumentar neste ano.

Últimas