Minas Gerais Prefeitura de BH inclui 48 obras em lista de reconstrução da cidade

Prefeitura de BH inclui 48 obras em lista de reconstrução da cidade

Ao todo, são 269 pontos afetados pelas chuvas que atingiram a cidade nos dois primeiros meses do ano; 160 obras já foram concluídas 

  • Minas Gerais | Lucas Pavanelli, do R7

Obras de reconstrução em Belo Horizonte serão feitas em 269 pontos

Obras de reconstrução em Belo Horizonte serão feitas em 269 pontos

Divulgação / BHTrans

A Prefeitura de Belo Horizonte incluiu mais 48 intervenções para recuperação de pontos afetados pelas chuvas que atingiram a cidade nos dois primeiros meses do ano. Ao todo, então, são 269 pontos mapeados pelo município que passam por obras como pavimentação e recuperação de vias, contenções, recuperação de praças e canteiros, dentre outras. 

Obras de reconstrução de BH custarão até R$ 200 milhões

Segundo a prefeitura, dos 269 pontos, 160 foram concluídos nos últimos 10 dias. Os serviços estão à cargo da Sudecap (Superintendência de Desenvolvimento da Capital) nas nove regionais da cidade. 

Confira algumas das obras concluídas:

BARREIRO
- Rua Alcindo Vieira, 60 - Barreiro
- Rua Amílcar Quintela - Diamante

OESTE
- Avenida Silva Lobo, 760
- Avenida Barão Homem de Melo, 23

PAMPULHA
- Avenida Sebastião de Brito

NORTE
- Avenida Risoleta Neves (ao lado da estação 1° de Maio)
- Rua Sacramentina, 211 - Planalto

NOROESTE
- Rua Passa Quatro, 498 - Caiçara
- Rua Osmário Soares, 73 - Dom Bosco

NORDESTE
- Rua Geraldo Barreto Maia com rua Paranavaí, 323 - Ribeiro de Abreu
- Ruas dos Moreiras - Beija-Flor

VENDA NOVA
- Avenida Vilarinho, esquina com Doutor Álvaro Camargos
- Rua Ana Alvarenga, 321 - Céu Azul

LESTE
- Avenida dos Andradas entre rua Itaguá e Ponte Caetano Furquim - Santa Efigênia
- Rua Conde D’Eu - Vera Cruz

CENTRO-SUL
- Rua Patagônia com Groenlândia - Sion
- Avenida Prudente de Morais
- Rua Curitiba esquina com Santos Dummont

Novas obras

Das 48 obras incluídas no plano de recuperação das chuvas, 10 já foram iniciadas e as outras 38 devem começar nas próximas semanas, conforme cronograma da Prefeitura de Belo Horizonte. 

O mês de janeiro teve quase três vezes mais chuvas que a média histórica em Belo Horizonte e, no final do mês e no início de fevereiro, diversas regiões foram afetadas pelos alagamentos, enxurradas e enchentes. 

No dia 17 de fevereiro, a prefeitura iniciou a recuperação dos pontos destruídos. Entre os serviços realizados, estão: restabelecimento de pavimentação e recuperação de vias, contenções, recuperação de praças e canteiros, desobstrução de redes de drenagem, limpeza urbana, implantação de sarjeta, desobstrução e limpeza de bocas de lobo e de bacias.

Últimas