Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Prefeitura de Contagem decreta situação de emergência devido ao aumento de casos de Dengue e Chikungunya

Cidade registra 1.266 casos notificados e 127 confirmados da doença

Minas Gerais|Antonio Paulo e Ricardo Vasconcelos, da Record TV Minas

Medida vale por 120 dias no município de Contagem, na Grande BH
Medida vale por 120 dias no município de Contagem, na Grande BH Medida vale por 120 dias no município de Contagem, na Grande BH

A Prefeitura de Contagem, na região metropolitana de Belo Horizonte, decretou, nesta segunda-feira (20), situação de emergência em saúde pública por conta da alta no número de casos de Dengue e Chikungunya. A medida vale pelos próximos 120 dias.

Durante esse período, a Secretaria Municipal de Saúde poderá adquirir bens e insumos necessários ao atendimento da população, respeitado o disposto na legislação aplicável às licitações e contratos administrativos.

Somente neste ano, até o último dia 13 de março, foram notificados 1.266 casos de dengue, sendo 127 confirmados. Os dados representam 51% dos casos notificados durante todo o ano de 2022. No mesmo período, houve um aumento de 339% dos casos de Chikunhunya, em relação ao mesmo período do ano passado. Em 2022, foram notificados 58 casos e em 2023 já são 255 casos.

Com o decreto, a tramitação dos processos para esse tipo de situação ocorrerá em regime de urgência e prioridade, em todos os órgãos e entidades municipais.

Publicidade

Minas Gerais

Segundo o último boletim epidemiológico da Secretaria de Estado da Saúde, até 12/03, Minas Gerais registrou 83.911 casos prováveis dengue. Desse total, 25.265 foram confirmados para a doença. Nove pessoas já morreram e outros 40 óbitos são investigados.

Publicidade

Em relação à febre Chikungunya, foram registrados 27.514 casos prováveis da doença, dos quais 7.555 foram confirmados. Até o momento, não há nenhum óbito confirmado pela enfermidade quatro mortes estão sendo investigadas.

Quanto ao vírus Zika, até o momento, são 116 casos prováveis. Há cinco casos confirmados para a doença e não há óbitos por Zika em Minas Gerais.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.