Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Prefeitura de Contagem (MG) sugere ampliação do metrô

Prefeita Marília Campos também afirma que mantém negociação por novo traçado para o Rodoanel Metropolitano

Minas Gerais|Pablo Nascimento, do R7

Marília Campos promete investimentos na saúde
Marília Campos promete investimentos na saúde Marília Campos promete investimentos na saúde

A Prefeitura de Contagem, na região metropolitana de Belo Horizonte, tenta ampliar a extensão do metrô na cidade. A informação foi revelada pela prefeita Marília Campos (PT) durante participação no quadro MGR na Política, nesta quinta-feira (3).

"Estou otimista. Nós nos reunimos com a empresa que ganhou a privatização do metrô e apresentamos a proposta de estação do metrô até a Sede, perto do viaduto Beatriz. Assim, pegaríamos mais passageiros de Contagem e pegaríamos também os passageiros de Betim. Isso viabilizaria o metrô porque teria mais passageiros e garantiria melhoria na qualidade de vida para o usuário", comentou.

Atualmente, a cidade conta apenas com uma estação: a Eldorado. O plano de ampliação da empresa MetrôBH prevê a construção de mais uma unidade, a Novo Eldorado.

· Compartilhe esta notícia no Whatsapp

Publicidade

· Compartilhe esta notícia no Telegram

Ainda sobre o tema mobilidade urbana, Marília Campos voltou a afirmar que a prefeitura vai barrar a licença ambiental do Rodoanel Metropolitano caso o Governo de Minas Gerais não altere o traçado.

Publicidade

"Não modificar o traçado impacta negativamente a cidade. Ele vai cortar a cidade em várias regiões. Hoje foi a primeira reunião [com o Governo de Minas]. O estado ainda não alterou o traçado, mas apresentou disposição de avaliar a demanda", contou a prefeita.

Durante a noite desta quinta-feira, o Governo de Minas informou que o TJMG (Tribunal de Justiça de Minas Gerais) negou, em segunda instância, o recurso da prefeitura de Betim contra o traçado atual. "A decisão judicial reforçou que o traçado proposto pelo Estado foi realizado de maneira técnica e com contribuições da sociedade civil", declarou o estado em nota.

Publicidade

Serviços públicos

Uma pesquisa encomendada com exclusividade pela Record TV Minas, em maio deste ano, mostrou que os moradores consideram que a área tem o maior gargalo entre os serviços públicos do município. Segundo Marília Campos, há melhorias no serviço em curso.

"Estamos com um grande investimento agora que vai começar a ser executado. Não só no sistema de urgência e emergência, mas também em reformas e ampliação para desafogar o sistema de urgência. Todo complexo hospitalar e Upas. Vamos desafogar a Upa JK, que é a Central", revelou.

A prefeita ainda contou que a cidade vai receber 200 médicos do programa federal Mais Médicos e terá ampliação de profissionais de diferentes áreas como técnicos de enfermagem e administrativos. "Temos atualmente aproximadamente 77 equipes da família. Cada uma atende de 5.000 a 6.000 pessoas. Com o aumento, cada equipe vai atender não mais que 2.000 pessoas", completou.

O setor de saúde da cidade também deve passar a contar com funcionamento das unidades básicas de saúde todos os sábados, tanto para vacinação, quanto para atendimento.

Durante a participação no quadro MGR na Política, Marília Campos também comentou sobre novos investimentos, asfaltamento, relação com o Governo Federal e melhorias na Educação. Assista à íntegra abaixo:

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.