Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Preso ateia fogo em colchão na Penitenciária Nelson Hungria, e detentos são levados para hospital

Segundo a Secretaria de Segurança e Justiça de MG, ao menos 22 presos inalaram fumaça durante o ato, que já foi controlado

Minas Gerais|Kauê Miranda*, da Record TV Minas

Presídio vai investigar o caso
Presídio vai investigar o caso Presídio vai investigar o caso

Ao menos 22 detentos inalaram fumaça na Penitenciária de Segurança Máxima Nelson Hungria, em Contagem, na região metropolitana de Belo Horizonte, após um dos presos ter ateado fogo em pedaços de colchão. O problema foi registrado na tarde desta quinta-feira (2) e já foi controlado.

Segundo a Sejusp (Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública), o princípio de incêndio aconteceu no corredor do Centro de Observação Criminológica da unidade.

Um detento foi levado para o Hospital João 23, em Belo Horizonte, no helicóptero do Corpo de Bombeiros. Outros 18 presos foram conduzidos a uma UPA (Unidade de Pronto Atendimento) para atendimento sem gravidade, segundo o governo.

"Os detentos envolvidos serão submetidos à Comissão Disciplinar da unidade, que decidirá sobre as possíveis sanções administrativas. A direção da unidade prisional irá instaurar um procedimento administrativo para apurar o ocorrido", declarou a Sejusp.

* Estagiário, sob supervisão de Pablo Nascimento

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.