Minas Gerais Secretário de Kalil deve prestar depoimento à CPI da BHTrans

Secretário de Kalil deve prestar depoimento à CPI da BHTrans

Adalclever Lopes será questionado sobre possível tentativa de obstruir as investigações relacionadas às empresas de ônibus

Lopes nega tentativa de interferência

Lopes nega tentativa de interferência

Divulgação / Amira Hissa / PBH

Está previsto para a manhã desta quarta-feira (13) o depoimento do secretário de Governo de Belo Horizonte, Adalclever Lopes, à CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) que investiga fraudes na BHTrans, empresa responsável por gerir o sistema de transporte da cidade.

O representante da prefeitura foi convocado na condição de testemunha para falar sobre suspeita de que ele teria tentando interferir nos trabalhos do grupo investigador, sugerindo nomes alinhados ao Executivo para ocupar a relatoria da comissão.

A presidência da CPI também suspeita que o comitê criado para rever os contratos com as empresas de ônibus pode ter sido suspenso em retaliação ao trabalho da comissão.

Em entrevista à Record TV Minas, Adalclever negou as irregularidades. Quando o comitê foi suspenso, a prefeitura alegou que não é possível discutir a revisão dos contratos com as suspeitas de fraudes ainda sendo investigadas.

Lopes já prestou depoimento à CPI em outra oportunidade. Ainda há a expectativa que ele seja convocado nas próximas semanas para uma acareação com o ex-chefe de gabinete da prefeitura, Alberto Lages, que o acusou de pressionar uma agência de publicidade a fazer uma pesquisa eleitoral a nível estadual, sem custos. Adalclever Lopes também nega as acusações.

Visita técnica

Nesta quinta-feira (14), membros da CPI vão visitar a empresa responsável por guardar os documentos relativos aos contratos de ônibus. No último mês, o sumiço temporário de caixas com alguns arquivos fez a comissão ampliar o prazo da investigação.

Últimas