Minas Gerais Vale fará testes mensais em sirenes de quatro barragens em Minas 

Vale fará testes mensais em sirenes de quatro barragens em Minas 

A ação tem como objetivo de assegurar a funcionalidade dos alarmes sonoros instalados nas estruturas, que serão acionados em casos de emergência 

Sirenes de barragens serão testadas mensalmente

Sirenes de barragens serão testadas mensalmente

Reprodução / Record TV Minas

A mineradora Vale informou, nesta terça-feira (4), que dará início a vários testes de sirenes em quatro barragens de Minas Gerais. A ação tem como objetivo assegurar o funcionamento adequado dos alarmes sonoros instalados nas estruturas, que serão acionados em casos de emergência.

Segundo a mineradora, os testes serão realizados em conjunto com as Defesas Civis estadual e municipais, e terá início já a partir desta quarta-feira (5), às 10 horas, na barragem Capim Branco, que pertence à mina Jangada, em Brumadinho, na Grande BH.

A Vale informou que a atividade é preventiva e faz parte do PAEBM (Plano de Ação de Emergência de Barragens de Mineração). A empresa divulgou que moradores das comunidades de Jangada e Casa Branca, no condomínio Recanto da Neblina e em propriedades rurais próximas conseguirão escutar o alarme da mineradora.

Testes

A Vale reforçou que a ação é apenas um teste técnico dos equipamentos, e que moradores próximos a região já foram avisados da atividade. A empresa ressaltou que a barragem de rejeitos Capim Branco está inativa e encontra-se no nível um de emergência, que não requer a evacuação da população no entorno da estrutura.

Já a Mina Jangada está inativa desde janeiro de 2019. A Vale informou que, além de inspeções rotineiras de campo, a estrutura é monitorada permanentemente por uma série de instrumentos e pelo CMG (Centro de Monitoramento Geotécnico).

Sabará e Santa Luzia 

No dia 19 de agosto, também às 10 horas, a Vale informou que será a vez da sirene da barragem Galego, da Mina Córrego do Meio, em Sabará, na região metropolitana de BH. O alerta poderá ser ouvido por moradores da parte industrial

-de Santa Luzia, também na Grande BH, que ficam localizados nos bairros Córrego das Lajes e Borba Gato, na Vila Bom Destino.

Nos locais também será informado pela mineradora que a ação se trata apenas de um teste. Segundo a mineradora, a barragem Galego também está inativa e possui DCE (Declaração de Condição de Estabilidade), além de ser monitorada por uma equipe especializada 24 horas.

Também no mesmo dia, às 10 horas, será a vez da barragem Principal, da Mina Capanema, em Santa Bárbara, a 109 km de Belo Horizonte. Nesse local, a empresa também seguirá todos os protocolos de aviso aos moradores da região. 

Segundo a empresa, a barragem Principal está inativa e também possui o declaração de estabilidade regularizada. 

Já nas barragens da Mina Córrego do Feijão, em Brumadinho, os testes serão realizados a partir de 18 de setembro. O local ficou conhecido pela tragédia em janeiro de 2019, que deixou ao menos 270 mortos e 11 desparecidos.

*Estagiário do R7 sob supervisão de Pablo Nascimento

Últimas