Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Monitor7
Publicidade

Falso: primeira-dama da Ucrânia não foi a Paris comprar roupas

Imagem mostra Olena Zelenska supostamente em um avião particular ao retornar para Kiev após visitar a França em dezembro

MonitoR7|Do R7

Foto em que supostamente aparece Olena Zelenska foi digitalmente alterada
Foto em que supostamente aparece Olena Zelenska foi digitalmente alterada Foto em que supostamente aparece Olena Zelenska foi digitalmente alterada

Uma notícia falsa circulou nas redes sociais na última semana, que afirmava que a primeira-dama da Ucrânia, Olena Zelenska, havia visitado Paris, na França, para comprar roupas de luxo, após pedir dinheiro para que o país combatesse a Rússia na guerra.

Como prova da ação de Zelenska, usuários publicaram uma foto da primeira-dama em um avião particular com blusas e calças de marca. Entretanto, é possível ver que o rosto da esposa de Volodmir Zelenski foi inserido digitalmente na imagem.

“Olena Zelenska, esposa do presidente ucraniano Zelenski, supostamente gastou 40 mil euros em uma viagem de compras a Paris, enquanto visitava o país para pedir mais ajuda para a Ucrânia, reivindicaram funcionários da loja pela internet”, afirmou uma internauta.

A informação, porém, foi negada por diversos portais internacionais especializados na checagem de notícias.

Publicidade

De acordo com o India Today, a foto original traz o empresário do ramo de criptomoedas Richard Heart. Conhecido por ostentar, o norte-americano diz ter o maior diamante lapidado do mundo, a Ferrari mais rápida já produzida e mais de 10 milhões de dólares em relógios.

A segunda afirmação, de que Zelenska estava em um jato privado, também é falsa. A primeira-dama foi a Paris no jato oficial ucraniano de matrícula UR-ABA. Segundo o portal holandês DPA Fact Checking, a aeronave levou a esposa de Zelenski da Polônia para a França no dia 11 e, três dias depois, retornou à Polônia.

Publicidade

Durante a visita a Paris, Zelenska presidiu uma conferência de apoio à Ucrânia, assim como se encontrou com autoridades, incluindo a primeira-dama da França, Brigitte Macron.

Grande parte das publicações que ligavam Zelenska a essa suposta viagem de compras a Paris foi removida das redes sociais.

Ucrânia decide demolir estátua de 122 anos que simbolizava poder do império russo

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.