Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Autos Carros
Publicidade

Caminhão elétrico feito por Elon Musk passará por "auditoria": entenda

Tesla Semi tem autonomia para rodar até 800 km com uma carga e pode levar até 37,2 toneladas

Autos Carros|Do R7 e Marcos Camargo Jr.

Marca promete custo de rodagem ser 2,5 vezes menor do que um modelo a diesel
Marca promete custo de rodagem ser 2,5 vezes menor do que um modelo a diesel Marca promete custo de rodagem ser 2,5 vezes menor do que um modelo a diesel

O caminhão elétrico Semi da Tesla, que é uma empresa de Elon Musk, passará por uma “auditoria” independente nos Estados Unidos para confirmar os dados divulgados pela empresa. Segundo a fabricante de veículos eletrificados, o modelo pode rodar até 800 km com uma carga e pode levar até 37,2 toneladas.

ANDEI NO TESLA MODEL 3 ELETRICO! Veja avaliação, autonomia, preço e mais. Veja o vídeo!

Vale ressaltar que antes das medições independentes a Tesla já vendeu 100 unidades do Semi para a PepsiCo, que pretende utilizá-los no dia a dia da companhia nos próximos anos. As medições ainda não foram feitas e, também, não foi revelado qual empresa fará a auditoria.

Interior futurista do caminhão elétrico
Interior futurista do caminhão elétrico Interior futurista do caminhão elétrico

O Tesla Semi foi anunciado com capacidade de levar 37,2 toneladas de peso bruto total. Para puxar tanto peso vem equipado com motorização elétrica de 600 cv com torque de 276,5 kgfm. De acordo com a empresa de Elon Musk, o veículo pesado pode fazer de zero a 100 km/h em apenas 20 segundos.

Publicidade
Veículo pesado pode fazer de zero a 100 km/h em apenas 20 segundos
Veículo pesado pode fazer de zero a 100 km/h em apenas 20 segundos Veículo pesado pode fazer de zero a 100 km/h em apenas 20 segundos

Em relação a bateria, que não teve o kWh revelado, pode conferir uma autonomia de até 800 km com uma carga. A Tesla ainda informa que o Semi tem consumo energético inferior a 2 kWh por milha, o que faz o custo de rodagem ser 2,5 vezes menor do que um modelo a diesel.

*Com a colaboração Felipe Salomão

Os textos aqui publicados não refletem necessariamente a opinião do Grupo Record.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.