Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Autos Carros
Publicidade

Teste com o Citroën C3 Aircross: conheça o SUV mais espaçoso e barato de 2024

Destaque está no desempenho do motor com 130cv além do espaço combinado com acabamento simples e restrita oferta de equipamentos

Autos Carros|Marcos Camargo JrOpens in new window

O Citroën C3 Aircross vem ganhando espaço entre o público que precisa de um veículo do tipo crossover, dispensa a opção de sete lugares e usa mesmo um bom porta-malas, mas tem orçamento mais limitado e não quer refinamento a bordo. Nesta versão de cinco lugares, o Air Cross tem preços que nas concessionárias começam em R$ 99 mil e chegam a R$ 129,9 mil.

Citroën C3 Aircross 2025 - Marcos Camargo imagens do Citroën C3 Aircross 2025

A versão Shine de cinco lugares traz os atributos de toda a linha Citroën atualmente no Brasil: carros mais acessíveis em sua classe.

Citroën C3 Aircross 2025 - Marcos Camargo imagens do Citroën C3 Aircross 2025

Simples e espaçoso, o C3 Aircross produzido em Porto Real/RJ usa a plataforma CMP do C3 alongada, mas com as dimensões do C3 de 5 assentos: 4,32m de comprimento, 2,67m de entre eixos, 1,72m de largura e 1,67m de altura. Soma-se a isso o porta malas de 493 litros com 5 lugares e 1.080 com o banco traseiro rebatido.

Citroën C3 Aircross 2025 - Marcos Camargo imagens do Citroën C3 Aircross 2025

Parece muita generosidade que, no entanto, esconde várias economias de projeto para custar o mínimo possível. Por fora ele até surpreende pelo desenho atual, mas por dentro é pura simplicidade.

Publicidade
Citroën C3 Aircross 2025 - Marcos Camargo imagens do Citroën C3 Aircross 2025

E aqui está o “segredo” do C3 Aircross que usa uma carroceria bastante bem aproveitada por dentro. Isso permite que o porta-malas tenha quase 500 litros em um veículo compacto. Assim, não haverá nenhum SUV tão barato com o mesmo espaço. Mas as vantagens para um por aí.

Versão Shine: completo pero no mucho

Publicidade

A linha do novo C3 não é o que se pode chamar de carro de refinado acabamento. Mesmo sendo uma versão topo de linha se nota a economia em todos os detalhes com peças plásticas que apenas mudam de textura.

Citroën C3 Aircross 2025 - Marcos Camargo imagens do Citroën C3 Aircross 2025

Mesmo em uma versão topo de linha não há partida por botão, algo que concorrentes como o Chevrolet Spin já traz e nem mesmo uma chave do tipo canivete.

Publicidade
Citroën C3 Aircross 2025 - Marcos Camargo imagens do Citroën C3 Aircross 2025

Em um carro maior não há ajuste de altura dos cintos de segurança dianteiros, nem mesmo para o motorista e não estão presente assistentes ativos ao condutor, como frenagem autônoma emergencial e ACC (controle de cruzeiro adaptativo) que se tornaram comuns em SUVs compactos.

Em termos de segurança, há apenas dois airbags de série ou quatro nos modelos mais caros como o Shine e itens obrigatórios como freios Abs e controle de tração e estabilidade. Até mesmo o retrovisor interno não é fotocrômico ou eletrocrômico.

Multimídia simplificada

A central multimídia é de 10 polegadas com Android Auto e Apple CarPlay sem fio e na versão avaliada o Citroën C3 Aircross Shine contava com um carregador de celular por indução no painel. Os comandos do ar-condicionado são botões de fácil operação no centro do painel, mas de aparência rústica e o volante é multifuncional e intuitivo, com ajuste apenas de altura, sem regulagem de profundidade da coluna de direção. O quadro de instrumentos é digital de 7 polegadas de boa leitura e contraste.

Citroën C3 Aircross 2025 - Marcos Camargo imagens do Citroën C3 Aircross 2025

A suspensão do Citroën C3 Aircross tem compromisso com a maciez e longo curso sem comprometer a estabilidade. Dado a altura do solo de 233 mm e ângulos de ataque de 23,8° na dianteira e 32° na traseira, o C3 Aircross se mostra polivalente e esse não é seu maior trunfo, mas sim o motor.

VEJA AQUI A GALERIA COMPLETA DE FOTOS DO C3 AIRCROSS

Motor T200 turbo: números

O C3 Aircross Shine tem 1.216kg com o motor 1.0L Turbo flex T200 de três-cilindros e 12V com injeção direta e sistema MultiAir III que produz 130 cv e 20,4 kgfm de torque já a 1.750 rpm faz retomadas rápidas e mantém a velocidade desejada em estradas com câmbio CVT automático de 7 velocidades simuladas.

Aircross Shine - Citroën Divulgação Aircross Shine 5 lugares é a versão mais equipada do SUV compacto

O motor transmite de forma suave e linear o torque e a potência, o que combina com a sua proposta familiar. Embora tenha desempenho, sua suspensão confortável pode comprometer um pouco a segurança quando o carro está vazio e em alta velocidade. No entanto, para um veículo familiar essa é justamente a postura esperada de um carro com amplo espaço interno com a suas dimensões e altura do solo.

Citroën C3 Aircross 2025 - Marcos Camargo imagens do Citroën C3 Aircross 2025

Consumo do Citroën C3 Aircross no teste

Segundo a Citroën, o C3 Aircross Shine vai de 0 a 100 km/h em até 9,8 segundos e seu consumo, de acordo com o Inmetro, é de 10,6 km/litro na cidade e 12 km/litro na estrada com gasolina, e 7,4/8,6 km/litro com etanol, respectivamente

Interior do C3 Aircross Shine Pack
Interior do C3 Aircross Shine Pack Interior do C3 Aircross Shine Pack (Marcos Camargo jr)

O Citroën C3 Aircross tem preços acessíveis entre R$ 109.990 até R$ 129,9 mil. Notamos que a rede Citroën tem feito promoções que colocam o C3 Aircross Feel de entrada por R$ 99,9 mil, valor que não chega a um Fiat Pulse ou Renault Kardian, por exemplo, em um carro bem mais espaçoso por dentro e nível de desempenho parecido.

Com este preço promocional e alguns descontos oferecidos pela concessionária, Citroën sabe que é capaz de atrair um público familiar que precisa de um veículo mais espaçoso e não dispõe de tantos recursos para um modelo médio.

É justamente essa a grande vantagem: o C3 Aircross tem espaço interno de modelo médio, ainda que seu acabamento seja de carro de entrada. Com essa característica ele pode atrair um público em busca da sua inovação acessível em um carro com interessante custo benefício.


Os textos aqui publicados não refletem necessariamente a opinião do Grupo Record.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.