Autos Carros Toyota: baterias de estado sólido vão demorar para virar realidade

Toyota: baterias de estado sólido vão demorar para virar realidade

Baterias eficientes e leves são caras e de extração lenta: escala comercial começa após 2030

  • Autos Carros | Marcos Camargo Jr.

Resumindo a Notícia
  • Desde 2006 a marca estuda baterias de estado sólido.

  • Toyota espera conseguir lançar produtos com baterias de estado sólido entre 2027 e 2028.

  • Toyota fala em usar células de baterias prismáticas para melhorar autonomia.

Desde 2006 a marca estuda baterias de estado sólido

Desde 2006 a marca estuda baterias de estado sólido

Toyota/Divulgação

A Toyota tem se dedicado à eletrificação e explorado diversas alternativas de energia ao longo de um período significativo. Desde 2006, a empresa está envolvida em pesquisas sobre baterias de estado sólido. No entanto, os resultados de uma iniciativa recente não foram encorajadores.

TOYOTA YARIS 2023: pontos positivos e negativos (veja antes de comprar um). Veja o vídeo!

Mesmo diante desse desafio, a Toyota continua sua parceria com a Idemitsu Kosan para aprimorar a qualidade, reduzir os custos e otimizar os ciclos de carga dos eletrólitos das baterias. Nessa trajetória, a segunda fase do projeto inclui a construção de uma fábrica, ainda em fase de estudo.

A Toyota espera conseguir lançar produtos com baterias de estado sólido entre 2027 e 2028. Porém essa produção em massa será limitada. Agora a marca diz que só conseguirá fazer dezenas de toneladas por ano desse tipo de baterias, sendo que a produção delas seria massificada após 2023 ou ainda mais além.

Toyota fala em usar células de baterias prismáticas para melhorar a autonomia e reduzir o peso dos veículos

Toyota fala em usar células de baterias prismáticas para melhorar a autonomia e reduzir o peso dos veículos

Toyota/Divulgação

Assim, é provável que esse tipo de bateria só esteja disponível em veículos mais caros devido ao seu alto custo de produção após anos de desenvolvimento. A Idemitsu Kosan faz pesquisas com baterias desde 2001 e, entre 2013 e 2020, desenvolveu um primeiro protótipo.

Marca japonesa vai lançar essa nova geração de baterias no próximo Lexus LF-ZC

Marca japonesa vai lançar essa nova geração de baterias no próximo Lexus LF-ZC

Toyota/Divulgação

Por ora, a Toyota fala em usar células de baterias prismáticas para melhorar a autonomia e reduzir o peso dos veículos. A marca japonesa vai lançar essa nova geração de baterias no próximo Lexus LF-ZC , que foi recém-apresentado no Salão de Tóquio.

Os textos aqui publicados não refletem necessariamente a opinião do Grupo Record.

Últimas