Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Veja 8 modelos vendidos no Brasil que (quase) ninguém mais lembra

Lista conta com Chevrolet Malibu, Caoa Chery Tiggo 3X, entre outros que saíram de cena

Autos Carros|Do R7 e Marcos Camargo Jr.

O mercado automotivo brasileiro é bastante movimentado e dinâmico com diversos lançamentos. Contudo, alguns modelos não fazem sucesso seja por terem chegado tarde demais ou por serem modelos já antigos que não caíram no gosto do consumidor. Veja nossa lista com oito modelos emblemáticos que já saíram de linha sem o sucesso esperado.

TIGGO 3X Pro é melhor que Creta, Nivus, Tracker e Nivus? Pelo menos é o MAIS BARATO! Saiba tudo. Veja o vídeo!

Caoa Chery Tiggo 3X

Sucessor do Caoa Chery Tiggo 2, o Tiggo 3X chegou ao Brasil em 2021, mas quase um ano depois saiu de linha. Tinha motor turbo 1.0 e boa lista de equipamentos mas chegou quando o segmento só olhava para modelos de maior porte e mais caros. A própria Caoa Chery queria focar na linha de SUVs a partir do 5X. Segundo a marca, esse movimento foi necessário para remodelar a linha de produção de Jacareí, no interior de São Paulo, que deve produzir apenas veículos eletrificados no futuro.

Publicidade
Sucessor do Caoa Chery Tiggo 2, o Tiggo 3X chegou ao Brasil em 2021
Sucessor do Caoa Chery Tiggo 2, o Tiggo 3X chegou ao Brasil em 2021 Sucessor do Caoa Chery Tiggo 2, o Tiggo 3X chegou ao Brasil em 2021

O Caoa Chery Tiggo 3X era um SUV compacto com desenho moderno e com motor 1.0 litro turbo de até 102 cv com transmissão automática do tipo CVT. O interior ainda contava com painel de instrumentos digital e uma central multimídia de 9 polegadas com conexão com smartphone. Se estivesse vivo hoje seria rival direto do Fiat Pulse e Volkswagen Nivus.

Modelo era bem parecido com o Tiggo 2
Modelo era bem parecido com o Tiggo 2 Modelo era bem parecido com o Tiggo 2

Fiat Siena Sporting

Publicidade

O Fiat Siena Sporting chegou ao Brasil em 2011 como precursor de sedãs esportivos naquela época. Com desenho esportivo, o sedã compacto seguia a mesma tendência da versão esportiva presente no Punto, Bravo, Idea, Strada, Palio e Uno. Contudo, a marca vendeu o modelo apenas por um ano.

Fiat Siena Sporting chegou ao Brasil em 2011 como precursor de sedãs esportivos
Fiat Siena Sporting chegou ao Brasil em 2011 como precursor de sedãs esportivos Fiat Siena Sporting chegou ao Brasil em 2011 como precursor de sedãs esportivos

O sedã tinha motor E.TorQ 1.6 litro flex, que entregava 117 cv com torque de 16,8 kgfm. A transmissão era manual de cinco posições com opção do câmbio Dualogic. A ideia de usar um motor disponível em outros modelos deu certo na linha Fiat mas não com o Siena que saiu de cena rapidamente em um ano abrindo espaço para uma nova geração do Palio e família, sem a versão Sporting para o sedã.

Publicidade
Chevrolet Malibu foi vendido durante 2010 e 2012 concorrendo com o Fusion
Chevrolet Malibu foi vendido durante 2010 e 2012 concorrendo com o Fusion Chevrolet Malibu foi vendido durante 2010 e 2012 concorrendo com o Fusion

Chevrolet Malibu

O Chevrolet Malibu foi vendido durante 2010 e 2012 concorrendo com o Fusion, então modelo desejado pela classe média que queria mais do um sedã tradicional. O modelo tinha um desenho clássico de sedã com ampla grade frontal, faróis dianteiros robustos e muito espaço interno. Inclusive, o desenho era inspirado no Corvette.

Modelo tinha um desenho clássico de sedã com ampla grade frontal
Modelo tinha um desenho clássico de sedã com ampla grade frontal Modelo tinha um desenho clássico de sedã com ampla grade frontal

Contudo, era oferecido em apenas em uma versão com motor 2.4 litros de quatro cilindros aspirado, que entregava 171 cv com torque de 22,2 kgfm. Nada de seis ou oito cilindros de seu mercado de origem. Por aqui não deu certo apesar de ser um grande sucesso nos Estados Unidos ao longo de várias gerações.

Renault vendeu entre 2008 e 2009 o Grand Scénic no Brasil
Renault vendeu entre 2008 e 2009 o Grand Scénic no Brasil Renault vendeu entre 2008 e 2009 o Grand Scénic no Brasil

Renault Grand Scénic

A Renault vendeu entre 2008 e 2009 o Grand Scénic no Brasil. O modelo tinha espaço para levar até sete pessoas, mas o desenho do carro não era muito agradável, o que fez muitos clientes optarem pelo rival Citroën Grand C4 Picasso.

JÁ ANDEI COM O NOVO CAPTUR TURBO 1.3 de 170cv! Veja o teste na cidade e na estrada: SURPRESA! Veja o vídeo!

Sob o capô, o Renault Grand Scénic tinha motor 2.0 litros de quatro cilindros aspirado, que entrega 138 cv com torque de 19,1 kgfm. Esse propulsor ainda equipou o Sandero RS, Captur e Oroch. 

Vendido entre 1997 e 2002 não tinha um design atual para época
Vendido entre 1997 e 2002 não tinha um design atual para época Vendido entre 1997 e 2002 não tinha um design atual para época

Volkswagen Polo Classic

Se hoje o Polo faz sucesso de vendas no Brasil e, também, se tornou o carro popular da marca, sua primeira versão chamada Polo Classic não foi um sucesso de vendas. Vendido entre 1997 e 2002 não tinha um design atual para época e ficava distante do padrão visual do Gol, que sempre foi muito vendido por aqui.

POLO TRACK 2023: substituto do GOL? Teste completo, preço e comparativo. Veja o vídeo!

O sedã tinha motor 1.8 litro de 99 cv com 15,1 kgfm de torque era bem tradicional e estava longe de empolgar. A transmissão era manual de cinco posições.

Modelo tem motor 1.6 16V de 99cv
Modelo tem motor 1.6 16V de 99cv Modelo tem motor 1.6 16V de 99cv

Fiat Bravo

O hatchback médio seguiu em uma sequência de modelos que foram morrendo nesse segmento como o falecido Tempra. A Fiat de fato sempre emperrou nesse segmento. O Bravo chegou como versão 4 portas e com motor 1.6 16V de 99cv sem empolgar nada apesar do ótimo acabamento. Também teve versão HGT 1.8 com 132cv e até o 1.6 Corsa Lunga de 106cv mas foram apenas quatro anos de produção, de 1999 a 2003.

Bravo chegou como versão 4 portas
Bravo chegou como versão 4 portas Bravo chegou como versão 4 portas

Renault Symbol

O sedã era uma releitura do Clio, esse sim vendido com sucesso por aqui. Tinha acabamento com proposta de melhor qualidade e visual mais limpo. Era um Clio “esporte fino” e usava também o motor 1.6 16V de 110/115cv e 1.6 8V de 95cv mas sua vida foi longa e sem destaque nas vendas. Durou de 2009 a 2013.

Sedã era uma releitura do Clio
Sedã era uma releitura do Clio Sedã era uma releitura do Clio

Volkswagen Golf Variant

Muita gente elogia a beleza das peruas quando elas existem quase ninguém compra. Entre 2015 e 2018 a Volkswagen ofereceu o Golf Variant baseado na sétima geração do carro que é um sucesso mundial. Estreou em 2015 enquanto todos esperavam o motor flex que veio no ano seguinte.

Entre 2015 e 2018 a Volkswagen ofereceu o Golf Variant
Entre 2015 e 2018 a Volkswagen ofereceu o Golf Variant Entre 2015 e 2018 a Volkswagen ofereceu o Golf Variant

Mas o preço não era interessante e o segmento estava mesmo em baixa. Chegou a ter motor 1.4 de 150cv e câmbio DSG com desempenho elogiável mas em 2018 saiu de cena.

*Com a colaboração Felipe Salomão

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.