Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Christina Lemos - Blogs
Publicidade

Confirmada viagem de Lula a Portugal, no dia 18, após Egito

Presidente eleito terá encontro com o primeiro-ministro Antônio Costa e com o presidente Marcelo Rebelo de Souza

Christina Lemos|Do R7

O primeiro-ministro Antônio Costa: diálogo em torno de 'causas globais'
O primeiro-ministro Antônio Costa: diálogo em torno de 'causas globais' O primeiro-ministro Antônio Costa: diálogo em torno de 'causas globais'

Está confirmada a viagem do presidente eleito, Lula da Silva, a Portugal, como o primeiro país da Europa a ser visitado pelo petista, que assume no Planalto em 1º de janeiro seu terceiro mandato presidencial. No dia 18, Lula chegará a Lisboa, após participação na COP27, com sede no Egito, para um encontro com o primeiro-ministro português, Antônio Costa, e com o presidente de Portugal, Marcelo Rebelo de Sousa. A confirmação da visita acaba de ser comunicada a autoridades e à diplomacia portuguesa. A informação foi obtida pelo blog em primeira mão. 

Os preparativos para a visita de Lula já estavam em andamento havia cerca de uma semana, no aguardo da confirmação da agenda do presidente eleito. O país vem acenando ao brasileiro com gestos políticos claros e públicos. "É com renovada esperança que se ouviu o presidente eleito do Brasil, Lula da Silva, renovar o seu compromisso com a desflorestação zero da floresta amazônica", declarou o primeiro-ministro português Antônio Costa, em seu pronunciamento em Sharm el-Sheikh, em mesa-redonda ao lado de autoridades como Ursula von der Leyen, presidente da Comissão Europeia.

O líder português, que também foi um dos primeiros a saudar Lula pela vitória em 31 de outubro, mencionou expressamente a retomada da cooperação “em torno de causas globais”. Autoridades do país experimentaram constrangimentos com o governo Bolsonaro. O presidente não compareceu a mais de um evento oficial com altos representantes do país, como sinal de descontentamento ante as relações portuguesas, mesmo que institucionais, com seu adversário petista.

Os textos aqui publicados não refletem necessariamente a opinião do Grupo Record.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.