Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Christina Lemos - Blogs
Publicidade

Pouso de Maxwell em Brasília gera expectativa de acareação com delator

Élcio de Queiroz delatou participação de ex-bombeiro e deve ser transferido para outra penitenciária

Christina Lemos|Do R7

A transferência de Maxwell Simões de Corrêa do Rio de Janeiro para Brasília faz circular entre advogados a hipótese de eventual acareação entre o ex-bombeiro, preso ontem, e seu delator, Élcio Queiroz, cujas revelações levaram a desdobramentos decisivos da investigação sobre o assassinato da vereadora carioca Marielle Franco e do motorista Anderson Gomes, há cinco anos.

A troca de advogados de Queiroz teria sido decisiva para as negociações que levaram à delação e dá lastro à expectativa de acareação, como parte da colaboração com as investigações. O ex-policial militar deve ser transferido da penitenciária federal do DF para outro local, que não será divulgado pela polícia, como parte do acordo de delação que lhe oferece garantias de vida.

As primeiras informações são de que Maxwell ocupará sela individual, também por razões de segurança e por determinação da cúpula da investigação.

As apurações pretendem esclarecer se o ex-bombeiro funcionava como operador do caixa forte dos milicianos no Rio de Janeiro. O blog apurou que Maxwell passou a ser encarado como figura central nas investigações a partir da identificação de movimentações financeiras atípicas em sua conta bancária.

Os textos aqui publicados não refletem necessariamente a opinião do Grupo Record.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.