Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Christina Lemos - Blogs
Publicidade

Turquia espera pior tragédia do século, com mais de 30 mil vítimas

Presidente Erdogan diz que terremoto foi pior que o de 1939, que matou 32 mil pessoas e deixou 100 mil feridos

Christina Lemos|Do R7

Recep Erdogan: contando vítimas aos milhares, no país aos escombros.
Recep Erdogan: contando vítimas aos milhares, no país aos escombros. Recep Erdogan: contando vítimas aos milhares, no país aos escombros.

Os dois tremores de terra de grandes proporções que afetaram áreas da Turquia e da Síria nesta segunda-feira podem ter sido os piores em mais de um século e devem superar as marcas da tragédia ocorrida em 1939, de acordo com estimativas de altas autoridades turcas. O presidente da Turquia, Recep Tayyip Erdogan, comparou os dois episódios, e classificou o tremor desta segunda como o pior da história recente do país.

Desde 1900, a Turquia foi alvo de 21 terremotos de magnitude superior a 7 na escala Richter, que vai até 10. Em 1939, o epicentro do tremor de 7,8 graus foi em Erzincan, e deixou 32 mil mortes. Em agosto de 1999, um terremoto de 7,6 graus afetou o país a partir de Izmit, com 17 mil mortos. Nesta segunda, a sequência de dois tremores num intervalo inferior a 6 horas, com intensidades 7,8 e 7,5, teve efeito arrasador sobre a região central do país, a partir de Gaziantep.

Além das perdas humanas, estima-se que cerca de 5.700 edificações tenham ruído na Turquia e na Síria, também duramente afetada, formando um corredor de destruição.

De acordo com especialistas, a Turquia está localizada sobre duas importantes falhas geológicas em movimento: a Placa da Anatólia, que se move para o leste, e a Placa Arábica, que se movimenta para o norte. Historicamente, a situação ocasiona desastres periódicos ao país.

Os textos aqui publicados não refletem necessariamente a opinião do Grupo Record.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.