Heródoto Barbeiro Políticos apostam na memória curta dos eleitores

Políticos apostam na memória curta dos eleitores

Por dentro da máquina: é essencial o público se lembrar das polêmicas dos candidatos na hora de ir às urnas 

Os políticos acreditam que a população tem memória curta. O cidadão já passou por mil processos, foi condenado, e deseja voltar à vida pública, acreditando que os eleitores não se lembrarão de suas polêmicas. Isso é um ato anticidadania. E, diversas vezes, os candidatos são reeleitos novamente. É essencial o público identificar na sociedade as pessoas que estão realmente comprometidas com o bem-estar, e escolher apoiá-las. 

Os textos aqui publicados não refletem necessariamente a opinião do Grupo Record.

Últimas