Luiz Fara Monteiro Avianca conecta o Brasil com os patrimônios da UNESCO na Colômbia

Avianca conecta o Brasil com os patrimônios da UNESCO na Colômbia

Com voos a partir de São Paulo, Rio, Belo Horizonte e Manaus para Bogotá é possível conhecer atrações históricas e paisagens naturais. Turista brasileiro não precisa de passaporte nem de visto para ingressar no país

Castelo de São Felipe em Cartagena de Índias
Castelo de São Felipe em Cartagena de Índias Avianca - Divulgação

Com voos diretos de São Paulo (SP), Rio de Janeiro (RJ), Manaus (AM) e Belo Horizonte (MG), a Avianca conecta, em até 6 horas, o Brasil com Bogotá, a capital da Colômbia e de onde é possível chegar a alguns dos mais instigantes patrimônios mundiais da humanidade, todos reconhecidos pela UNESCO, a agência das Nações Unidas dedicada a resguardar a cultura em suas diversas manifestações.

Esse é o roteiro ideal para aqueles que gostam de turismo cultural, com ênfase em História e na preservação de patrimônios públicos. Em Cartagena, por exemplo, está o Castillo de San Felipe e, em Bogotá, o Bairro La Macarena, lugares que preservam o passado e revelam detalhes da cultura colombiana. Muitos desses pontos turísticos ainda são desconhecidos dos brasileiros.

Alguns patrimônios que valem a visita:

Castelo de San Felipe (em Cartagena das Índias): Localizado em Cartagena das Índias, cidade do Caribe colombiano, a fortaleza é considerada a maior construção feita por espanhóis no continente americano. Presente em diversos embates militares, a construção enfrentou, entre outros, ataques de países como França e Inglaterra. Por sua riqueza histórica foi tombado como patrimônio mundial da UNESCO.

Parque Nacional Los Katios (em Antioquia / Chocó): Com cerca de 72 mil hectares, o Parque de Los Katios está localizado no noroeste da Colômbia e é formado por colinas baixas, florestas e bacias úmidas. Com uma flora exclusiva da região e animais com risco de extinção, em 1994 o parque foi declarado patrimônio mundial da UNESCO.

Parque Arqueológico de San Agustín (em Uila): O parque está em meio a uma paisagem natural e possui o maior conjunto de monumentos religiosos e esculturas megalíticas da América do Sul. As representações de divindades e figuras mitológicas esculpidas de forma abstrata e realista demonstram a grande riqueza cultural que o local abriga.

Centro Histórico de Santa Cruz de Mompox (em Bolívar): Fundada às margens do rio Magdalena, em 1540, o município de Mompox teve um papel importante na colonização espanhola. Uma de suas principais características é a arquitetura religiosa e residencial.

Santuário de Fauna e Flora de Malpelo (no Valle del Cauca): A Ilha de Malpelo está localizada a mais de 300 km da costa sul da Colômbia e possui um ecossistema ímpar, com a preservação de espécies aquáticas que correm riscos de extinção, o que contribuiu com sua classificação como patrimônio mundial da UNESCO.

Paisagem Cultural do Café da Colômbia (em Caldas / Risaralda / Quindío / Valle del Cauca): Localizado na região cafeeira da Colômbia, esse é considerado um dos melhores destinos rurais para se visitar na América Latina. São diversas paisagens para os turistas conhecerem as belezas naturais do local somadas a uma arquitetura que conecta as casas à natureza.

Qhapaq Ñan, Caminhos Incas (Nariño): Ligando 6 países da América do Sul (Argentina, Chile, Bolívia, Peru, Equador e Colômbia), o Caminho Inca foi desenvolvido para facilitar a locomoção dos habitantes do Império Inca. A trilha para Machu Picchu é apenas uma pequena parte dessa rota que já cobriu cerca de 30 mil km e no passado foi utilizada como rede de comunicação, defesa e comércio pelo povo Inca. Em 2014 a UNESCO declarou o trajeto como um patrimônio mundial.

Parque Nacional Chiribiquete (Caquetá / Guaviare): Localizado no nordeste da Amazônia Colombiana, além de ser o maior parque nacional da Colômbia, esse é o maior parque nacional de floresta tropical do mundo. O espaço possui grande biodiversidade e apresenta diversos trabalhos de pinturas rupestres. A beleza das paisagens e sua história fazem desse destino um dos patrimônios mundiais da UNESCO e uma ótima opção de destino de viagem.

Bairro La Macarena, em Bogotá
Bairro La Macarena, em Bogotá Avianca - Divulgação

Importante destacar que turistas brasileiro não precisam de visto ou passaporte para entrar na Colômbia: com o RG é possível realizar a entrada no país. O visitante pode permanecer por 90 dias no país nessas condições, com direito a estender o período, mediante solicitação e autorização. No entanto, é aconselhável se informar sempre sobre todos esses detalhes antes de comprar a passagem.

Sobre a Avianca:

A Avianca inclui a Avianca, membro da Star Alliance, LifeMiles e Avianca Cargo. No transporte de passageiros, a Avianca, com mais de 103 anos de operação contínua desde 1919, é a companhia aérea líder na Colômbia, Equador, América Central e possui uma das maiores operações aéreas da América Latina, com 130 rotas, 3.800 voos semanais e uma frota de mais de 130 aeronaves Airbus 320 e Boeing 787 Dreamliner, que se conectam com cerca de 70 destinos em mais de 24 países da América e Europa. Em 2022, a Avianca transportou 24,6 milhões de passageiros com a operação de mais de 187 mil voos. Seu programa de fidelidade, LifeMiles, é um dos maiores da América Latina, com mais de 11,9 milhões de associados e 500 marcas aliadas. No transporte de cargas, a Avianca Cargo é a companhia aérea líder na região e a principal operadora em diferentes mercados da América. Atende a mais de 50 destinos com uma frota de aviões cargueiros Airbus 330, além de operações em aeronaves de passageiros. Em 2022, a Avianca Cargo transportou mais de 450 mil toneladas de carga. A Avianca conta hoje com uma equipe de mais de 12.400 pessoas comprometidas em fornecer um serviço seguro, adequado, acessível e amigável aos seus clientes.

Os textos aqui publicados não refletem necessariamente a opinião do Grupo Record.

Últimas