Luiz Fara Monteiro Avião toca fuselagem na pista durante pouso e piloto arremete em Toronto; veja

Avião toca fuselagem na pista durante pouso e piloto arremete em Toronto; veja

Incidente conhecido como tailstrike causou uma série de avarias na fuselagem do Airbus A350-900 da operadora francesa

Tailstrike: avião da Air France tem impacto da cauda com a pista

Tailstrike: avião da Air France tem impacto da cauda com a pista

Twiiter / X

Um Airbus A350 da Air France sofreu um impacto com a cauda ao pousar em Toronto, no Canadá, no último domingo, 21 de janeiro.

O Airbus A350-900 da companhia operava o voo de longa distância AF356, do Aeroporto Charles de Gaulle de Paris (CDG) para o Aeroporto Internacional Pearson de Toronto ( YYZ ) quando ocorreu o incidente de pouso.

Após uma aproximação à pista 24L, a aeronave de fuselagem larga tocou a cauda no asfalto com força, fazendo a aeronave quicar na pista. 

Após o impacto da cauda, ​​procedimento conhecido como tailstrike, a tripulação iniciou um procedimento de arremetida e se reposicionou para nova aproximação na pista 24 L. O voo posteriormente pousou na segunda tentativa sem maiores incidentes.

De acordo com reportagem do Aviation Source News, não foram relatados feridos entre os passageiros e tripulantes durante a primeira tentativa de pouso, porém a aeronave sofreu danos na fuselagem como resultado do impacto.

Fotografias tiradas por um observador mostram a extensão do contato feito pelo conjunto traseiro da aeronave após o pouso rebatido. Um vídeo feito por um dos passageiros mostra a força do impacto.

A aeronave envolvida no incidente de pouso era um Airbus A350-900 registrado como F-HTYH; uma aeronave widebody de 2 anos pertencente à transportadora nacional francesa Air France .

O que é um ataque de cauda?

Um tailstrike refere-se a um incidente em que a cauda ou empenagem da aeronave toca o solo ou outro objeto. Isso pode ocorrer durante a fase de decolagem ou pouso e pode ser causado por vários fatores.

Decolagem: Se o piloto girar o nariz da aeronave muito rapidamente antes de atingir velocidade suficiente, a cauda pode arranhar a pista. Isso pode acontecer devido a erro do piloto, condições inesperadas como fortes ventos cruzados ou sobrecarga da aeronave.

Pouso: Um touchdown excessivamente forte e/ou uma tentativa repentina de levantar o nariz durante o toque também pode levar a um tailstrike. Isso pode ser causado por uma série de fatores, incluindo erro de julgamento do piloto, más condições climáticas ou problemas com o trem de pouso.

Veja a rota do voo da Air france na aproxição para Toronto e a direção tomada após a arremetida, via dados da plataforma Airnav RadarBox:

Radarbox: rota percorrida pelo A350 da Air France na aproximação oara Toronto
Radarbox: rota percorrida pelo A350 da Air France na aproximação oara Toronto AirNav RadarBox

Os textos aqui publicados não refletem necessariamente a opinião do Grupo Record.

Últimas