Luiz Fara Monteiro Boeing lança ferramenta para apoiar a meta de zero emissão na aviação

Boeing lança ferramenta para apoiar a meta de zero emissão na aviação

Resultados obtidos com a 'Cascade Climate Impact Model' destacam importância do SAF, da renovação de frota, do desenvolvimento de tecnologias. Pesquisadores da NASA, IATA, Cambridge e MIT participam do grupo de trabalho

Boeing: apoio à meta de zero emissão do setor de aviação
Boeing: apoio à meta de zero emissão do setor de aviação Boeing - Divulgação

Em apoio à meta da aviação comercial de atingir zero emissão líquida de carbono, a Boeing lançou hoje o Boeing Cascade Climate Impact Model para uso público. A ferramenta de modelagem de dados Cascade identifica os efeitos de uma série de soluções de sustentabilidade para reduzir as emissões de carbono da aviação e está disponível no site Sustainable Aerospace Together da Boeing.
.

O Cascade examina todo o ciclo de vida das fontes alternativas de energia para a aviação -- desde a produção até a distribuição e uso -- e quantifica a capacidade de reduzir as emissões de carbono da aviação. A modelagem de dados também mede a renovação da frota de aeronaves, a eficiência operacional, as fontes de energia renováveis, as aeronaves futuras e medidas baseadas no mercado como caminhos para a descarbonização.

“Criamos o Cascade para que seja uma ferramenta do setor, criando um modelo em comum para a aviação, energia, finanças e políticas”, disse Chris Raymond, Chief Sustainability Officer da Boeing. “Ao colocar os dados em primeiro lugar e compartilhar este modelo com o público, permitimos a colaboração, o feedback e o alinhamento entre o setor, o governo e outros grupos que trabalham juntos para que o futuro aeroespacial seja mais sustentável”.

Os principais resultados das avaliações do Cascade incluem:

A jornada para alcançar zero emissão líquida depende da transição energética geral. Seja usando combustível sustentável de aviação (SAF), hidrogênio ou eletricidade, a energia e as emissões associadas à produção, distribuição e armazenamento de combustíveis devem ser minimizadas para alcançar o resultado mais sustentável.

O SAF terá o maior impacto na redução das emissões de carbono porque pode ser usado em aeronaves comerciais que voam hoje -- tanto as novas quanto as mais antigas. Como muitas aeronaves em operação hoje devem continuar em serviço até ou além da década de 2040, é fundamental reduzir suas emissões utilizando SAF.

Mesmo com o surgimento nas próximas décadas de aeronaves elétricas e potencialmente movidas a hidrogênio, sua contribuição para a redução das emissões provavelmente será limitada até 2050 devido aos longos prazos de desenvolvimento e implantação e à magnitude das mudanças em infraestruturas de aeroportos e nas próprias aeronaves.
A renovação das frotas com aeronaves de ponta e de baixo consumo de combustível reduzirá significativamente as emissões nos próximos anos.

“O Cascade ajuda as companhias aéreas, os parceiros do setor e os formuladores de políticas a ver quando, onde e como diferentes fontes de combustível afetam suas metas de sustentabilidade”, disse Neil Titchener, líder do programa Cascade. “Nosso setor tem grandes desafios pela frente, pois teremos que fazer escolhas difíceis. A ferramenta pode ser o ponto de partida para a conversa sobre como cada caminho de descarbonização pode nos ajudar a ter um futuro mais sustentável.”

A Boeing lançou o Cascade em seu primeiro Sustainable Aerospace Together Forum, uma conferência que reúne líderes da aviação comercial, de governos e setores de energia e financeiro. O evento foi transmitido pelo FT Live e as sessões gravadas serão disponibilizadas após o evento.

A Boeing também apresentou o Cascade User Community, um grupo de trabalho que fornecerá feedback sobre novos recursos, funcionalidades e interfaces de programação de aplicativos. Seus membros fundadores são IATA, NASA, Aviation Impact Accelerator da Universidade de Cambridge e o Laboratório de Aviação e Meio Ambiente do MIT.

“A Cascade User Community vai garantir que a ferramenta e as fontes de dados continuem recebendo feedback e evoluindo para discussões embasadas e eficazes para alcançar zero emissão líquida até 2050”, disse Raymond.

Além de hospedar a ferramenta Cascade, o site Sustainable Aerospace Together apresenta recursos e informações sobre os caminhos da aviação para a descarbonização. Experimente a ferramenta Cascade aqui.

A Boeing é uma empresa aeroespacial líder global que desenvolve, fabrica e realiza serviços em aeronaves comerciais, produtos de defesa e sistemas espaciais para clientes em mais de 150 países. Como uma das principais exportadoras dos Estados Unidos, a empresa usa sua base de fornecedores globais para promover oportunidades econômicas, sustentabilidade e impacto nas comunidades. Sua equipe diversificada está comprometida com inovações para o futuro, liderando com sustentabilidade e cultivando uma cultura baseada em seus valores centrais de segurança, qualidade e integridade.

Os textos aqui publicados não refletem necessariamente a opinião do Grupo Record.

Últimas