Luiz Fara Monteiro Brasileiro quer viajar mais em 2024; veja quais são as cidades mais procuradas

Brasileiro quer viajar mais em 2024; veja quais são as cidades mais procuradas

Dados internos do Google apontam alta de 76% nas pesquisas por termos associados a turismo, em comparação a dezembro de 2019

Google: Carnaval é a data que mais cresceu em buscas por viagens em  2023

Google: Carnaval é a data que mais cresceu em buscas por viagens em 2023

Inframerica - Divulgação

Ainda que 2024 tenha menos feriados que no ano passado, o brasileiro dá sinais claros de que deseja viajar ainda mais. De acordo com dados internos do Google, as buscas por termos associados a Turismo cresceram 30% em dezembro de 2023 na comparação com janeiro do mesmo ano e 76% na comparação com dezembro de 2019, período pré-pandemia.

Ao analisar as buscas feitas em dezembro no Brasil, o Carnaval foi o feriado que registrou maior crescimento nas buscas, com 32% mais pesquisas na comparação ao mesmo período de 2022. Os destinos preferidos para a folia? Rio de Janeiro, seguido de São Paulo e Porto Seguro (BA).

Os dados também evidenciam que o turista brasileiro demonstra alguns comportamentos diferentes do que tinha antes da pandemia. Ele está mais digitalizado, prefere destinos mais próximos, se preocupa mais com a qualidade da hospedagem, tanto que o crescimento de busca por hotéis teve alta de 98% em relação a 2019.

Além disso, demonstram preocupação com o destino na hora da escolha: as pesquisas por "hotéis perto de mim" cresceram 412% e as buscas por “bem localizado” tiveram alta de 238% no ano passado.

Para os brasileiros, não importa o meio de transporte, o que as pessoas querem mesmo é colocar o pé na estrada: as pesquisas na Busca do Google por viagens de ônibus (+32%), planejamento (+18%) e aluguel de carro (+16%) apresentaram crescimento em dezembro de 2023.

O viajante e o setor turístico: oportunidades

Na hora de planejar o destino, carnavalesco ou não, o Rio de Janeiro foi a cidade mais buscada pelos brasileiros.

Veja abaixo os 10 destinos mais pesquisados de janeiro a dezembro de 2023:

1 - Rio de Janeiro (RJ)
2 - São Paulo (SP)
3 - Porto Seguro (BA)
4 - Ubatuba (SP)
5 - Fortaleza (CE)
6 - Balneário Camboriú (SC)
7 - Salvador (BA)
8 - Curitiba (PR)
9 - Orlando (Flórida, EUA)
10 - Guarujá (SP)

Já os destinos que mais cresceram em volume de buscas de novembro a dezembro do ano passado foram Balneário Camboriú (SC), com alta de 41% nas buscas, Ubatuba (SP) com 30% mais pesquisas, Guarujá (SP) com 21% e Curitiba com crescimento de 9% no total de consultas.

“O mercado de turismo está em um momento bastante positivo, tanto para as pessoas, que estão se planejando para viajar mais, quanto para as marcas, que tem um universo de possibilidades pela frente”, diz Maurício Martiniano, head de negócios do segmento de Viagem no Google Brasil.

“E o interessante de analisarmos as buscas feitas em dezembro é que há uma janela de tempo entre quando nós pesquisamos um destino, compramos passagem e quando efetivamente embarcamos na viagem – aqui no Google, contamos uma média de três meses entre a busca e o embarque. Então podermos olhar hoje para as tendências que vão acontecer na época do Carnaval é muito bacana, além de representar insumos valiosos para os negócios do segmento de turismo.”

A fim de compreender melhor o comportamento do consumidor e as tendências de viagem do mercado nacional, o Google encomendou uma pesquisa à Offerwise – realizada em janeiro com cerca de 2 mil respondentes, por meio de questionário online – que revela que a maioria dos brasileiros pretende fazer as próximas viagens de avião (64%). Ônibus (35%) e carro próprio (35%) estão empatados no segundo lugar da preferência nacional, seguidos pelas viagens com carro alugado (17%), navio (6%) e moto (5%). Além disso, o estudo aponta que 80% das pessoas que viajam de avião consideram alugar um carro no aeroporto para utilizar durante a viagem.

Quando o tópico é onde se hospedar, hotéis (56%) e pousadas (37%) são os preferidos, seguidos pelo aluguel de imóvel por temporada (26%), casa de amigos (24%) e hostel (7%). Dentre os entrevistados de 18 a 24 anos, a preferência por ficar na casa de amigos cresce para 31%, já os respondentes com filhos de até 18 anos têm 28% mais preferência por alugar imóveis por temporada.

Os textos aqui publicados não refletem necessariamente a opinião do Grupo Record.

Últimas