Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Em incidente grave, avião da LATAM perde sustentação após arremetida

Boeing 767 da Latam Cargo enfrentou duas situações de estol com perda brusca de velocidade e altitude durante aproximação no aeroporto de Frankfurt

Luiz Fara Monteiro|Do R7

Boeing 767 da Latam Cargo semelhante ao da ocorrência
Boeing 767 da Latam Cargo semelhante ao da ocorrência Boeing 767 da Latam Cargo semelhante ao da ocorrência

Um Boeing 767-300 da Latam Cargo experimentou, na terça-feira (20), um incidente significativo ao enfrentar duas situações de estol, que é uma perda brusca de sustenção com poder de derrubar uma aeronave. 

O jato intercontinental de matrícula CC-CXK realizava o voo UC-1502 de Amsterdã, na Holanda, para Frankfurt, na Alemanha, estava em aproximação final para a pista 25L de Frankfurt no início da noite, às 19h51L (17h51Z), quando a tripulação iniciou uma arremetida devido a intensas trovoadas sobre o aeródromo. Repentinamente, a aeronave inclinou para o seu lado direito e, logo em seguida, embicou em direção ao solo, passando sobre a pista paralela 25C.

Na sequência, a tripulação conseguiu subir a aeronave para cerca de 900 metros de altitude, mas com perda de velocidade, o que causou o estol. O 767 voltou a descer, desta vez para cerca de apenas 500 metros de altitude, em uma segunda situação de perda de sustentação. 

Posteriormente, a aeronave acelerou para velocidades normais e altitude segura e conseguiu pousar com segurança em uma segunda aproximação, cerca de 35 minutos após a arremetida.

Publicidade

O Boeing 767-300, que havia voado de Miami, na Flórida, para Amsterdã no início do mesmo dia, permaneceu no solo por cerca de 22 horas antes de retornar ao serviço.

O órgão de aviação da Alemanha (BFU — Bundesstelle für Flugunfalluntersuchung) já iniciou uma investigação sobre a ocorrência, conforme relatos do Aviation Herald.

Publicidade

Em nota, a companhia aérea esclareceu o ocorrido:

LAN CARGO S.A. (“LATAM Cargo Chile”) informa que o voo UC1502 (Santiago - Amsterdã - Frankfurt) da última terça-feira (20 de junho) precisou interromper seu pouso no aeroporto de Frankfurt devido à perda de referências visuais com a pista por conta de fortes chuvas na localidade. Durante o procedimento, a aeronave enfrentou uma rápida variação de corrente de vento, condição conhecida como “wind shear”, em inglês. A situação foi gerenciada de forma exitosa pela tripulação técnica e a aeronave pousou em completa segurança no aeroporto de destino.

A companhia reitera que a ocorrência está sendo investigada pelas autoridades aeronáuticas competentes e esclarece que está colaborando proativamente com essas apurações.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.