Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Embraer e Senai CIMATEC assinam Memorando para cooperação em pesquisas industriais

Acordo foi assinado na cerimônia de criação do Parque Tecnológico Aerospacial da Bahia

Luiz Fara Monteiro|Luiz Fara Monteiro e Luiz Fará Monteiro

Embraer e Senai CIMATEC: Memorando de Entendimento para pesquisas industriais
Embraer e Senai CIMATEC: Memorando de Entendimento para pesquisas industriais Embraer e Senai CIMATEC: Memorando de Entendimento para pesquisas industriais (Embraer - Divulgação)

A Embraer e o Senai CIMATEC (Campus Integrado de Manufatura e Tecnologia) assinaram hoje um Memorando de Entendimento para estabelecer um relacionamento de cooperação em pesquisas conjuntas para a área industrial.

O Memorando de Entendimento foi firmado durante a cerimônia que formalizou a criação do Parque Tecnológico Aerospacial da Bahia, com a assinatura de acordo entre o Governo do Estado da Bahia, o Ministério da Defesa, a Força Aérea Brasileira e o Senai CIMATEC.

De acordo com o Memorando de Entendimento, as partes desenvolverão uma série de discussões e atividades focadas em análises técnicas e operacionais, com o objetivo de identificar potenciais oportunidades de cooperação no futuro, incluindo inovações tecnológicas.

“A Embraer está muito satisfeita com a assinatura do acordo com o Senai CIMATEC. Estabelecer iniciativas de cooperação de pesquisa e desenvolvimento com instituições de excelência técnica é fundamental para o avanço da indústria aeroespacial”, afirma Bosco da Costa Junior, Presidente e CEO da Embraer Defesa & Segurança. “Estamos orgulhosos por participarmos desse momento histórico para o desenvolvimento do setor aeroespacial na Bahia e no Brasil”.

Publicidade

“A parceria com a Embraer é um passo fundamental na consolidação do Parque Tecnológico Aeroespacial da Bahia como um polo estratégico para o avanço da indústria aeroespacial no Brasil. A presença da Embraer não apenas amplia nossa capacidade de desenvolver soluções inovadoras dentro do ecossistema, mas também fortalece a atração de empresas nacionais e internacionais”, declara Leone Andrade, diretor-geral do Senai CIMATEC. “Este é um marco significativo para impulsionar o desenvolvimento da região, promovendo a excelência, a colaboração e o avanço do Brasil no cenário global da indústria aeroespacial”.

O Parque Tecnológico Aeroespacial da Bahia será instalado na Base Aérea de Salvador, em área cedida pela União ao Senai CIMATEC, instituição que ficará responsável pela gestão do novo centro. O projeto tem como objetivo o desenvolvimento de soluções em ciência, educação, tecnologia e inovação para os quatro principais desafios do setor: aeronáutica, espaço, defesa e mobilidade aérea autônoma. O centro terá como foco a pesquisa e a inovação no campo aeroespacial, além do desenvolvimento regional do setor.

Publicidade

Sobre a Embraer

Empresa aeroespacial global com sede no Brasil, a Embraer (NYSE: ERJ) tem negócios em Aviação Comercial e Executiva, Defesa & Segurança e Aviação Agrícola. A empresa projeta, desenvolve, fabrica e comercializa aeronaves e sistemas, fornecendo Serviços e Suporte aos clientes no pós-venda. Desde que foi fundada em 1969, a Embraer já entregou mais de 8.000 aeronaves.

Publicidade

Em média, a cada 10 segundos uma aeronave fabricada pela Embraer decola em algum lugar do mundo, transportando mais de 145 milhões de passageiros por ano. A Embraer é a principal fabricante de jatos comerciais de até 150 assentos e a principal exportadora de bens de alto valor agregado do Brasil.

A empresa mantém unidades industriais, escritórios, centros de serviços e distribuição de peças, entre outras atividades, nas Américas, África, Ásia e Europa. Para mais informações, visite www.embraer.com.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.