Luiz Fara Monteiro Piloto de outra companhia aérea ajuda a pousar voo da Southwest

Piloto de outra companhia aérea ajuda a pousar voo da Southwest

Comandante do avião adoeceu durante voo que decolou de Las Vegas. Piloto credenciado de outra companhia aérea que estava a bordo auxiliou na operação de pouso

Southwest: piloto de outra companhia ajuda a pousar avião
Southwest: piloto de outra companhia ajuda a pousar avião Luiz Eduardo - Wikimedia Commons

Um piloto de outra companhia aérea ajudou a pousar um voo da Southwest Airlines na quarta-feira depois que seu comandante ficou "incapacitado" e precisou de atenção médica, forçando o avião a voltar para Las Vegas, de acordo com a companhia aérea e dados de tráfego de rádio.

O voo Southwest 6013 estava com destino a Columbus, Ohio, na quarta-feira, quando um de seus pilotos "precisou de atenção médica", disse um porta-voz da companhia aérea, sem dar detalhes sobre o problema de saúde.

No tráfego de rádios arquivado pelo site LiveATC, ouve-se uma pessoa dizer que o comandante começou a sentir dores de estômago e depois "desmaiou ou ficou incapacitado" cerca de cinco minutos depois.

A pessoa diz que o comandante "voltou" cerca de 60 segundos depois e estava sendo atendido no fundo do avião. "Precisamos colocá-lo em uma ambulância imediatamente", diz a pessoa.

O porta-voz da Southwest disse que um piloto credenciado de outra companhia aérea, que estava a bordo, entrou na cabine de comando e ajudou na comunicação por rádio enquanto o piloto da Southwest pilotava a aeronave.

"Agradecemos imensamente seu apoio e assistência", disse o porta-voz.

O avião conseguiu pousar com segurança e uma tripulação alternativa assumiu, operando o voo para Columbus, disse o porta-voz.

“Parabenizamos a tripulação por seu profissionalismo e agradecemos a paciência e compreensão de nossos clientes em relação à situação”, disse o porta-voz.

A condição do piloto que precisou de atenção médica não foi imediatamente esclarecida na manhã de quinta-feira, informou a nbcnews.

Os textos aqui publicados não refletem necessariamente a opinião do Grupo Record.

Últimas