Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Pilotos adormecem por quase meia hora durante voo e avião desvia da rota

Apesar do susto, avião com 135 passageiros pousou em segurança. Ocorrência foi registrada na Indonésia. Fadiga de tripulantes é uma da principais causas de acidentes e incidentes

Luiz Fara Monteiro|Luiz Fara Monteiro e Luiz Fará Monteiro

Batik Malaysia: pilotos dormem em voo e saem da rota
Batik Malaysia: pilotos dormem em voo e saem da rota Batik Malaysia: pilotos dormem em voo e saem da rota (Anna Zvereva - wikimedia commons)

A fadiga de tripulantes, tema preocupante e levantado constantemente no blog, parece ter acometido mais uma dupla de profissionais em pleno voo. Um avião da Batik Air na Indonésia saiu da rota de voo depois que o piloto e o copiloto adormeceram por quase meia hora.

O incidente, ocorrido em janeiro e revelado apenas agora, fez com que a dupla na cabine fechasse os olhos, enquanto a aeronave se desviava da rota planejada - algo que poderia ter levado a um desastre fatal para todos os 153 passageiros a bordo e tripulantes.

É vital que os pilotos mantenham uma aeronave na trajetória de voo correta, pois ela é cuidadosamente mapeada pelos controladores de tráfego aéreo para garantir que o avião não cruze a trajetória de nenhuma outra aeronave.

O avião voava do sudeste de Sulawesi para a capital da Indonésia, Jacarta.

Publicidade

Foi relatado que um dos pilotos não havia descansado adequadamente na noite anterior ao voo.

Cerca de meia hora depois da decolagem do avião, o comandante comunicou ao primeiro-oficial que iria descansar um pouco.

Publicidade

O copiloto assumiu o comando da aeronave, mas depois adormeceu também.

Poucos minutos após a última transmissão registrada pelo copiloto, o centro de controle de área de Jacarta tentou entrar em contato com a aeronave mas não recebeu resposta.

Publicidade

Vinte e oito minutos após a última transmissão gravada, o comandante acordou, percebeu que seu copiloto estava dormindo e que a aeronave não estava na trajetória de voo correta.

Ele imediatamente acordou seu colega, respondeu às ligações de Jacarta e corrigiu a trajetória do voo, informou o relatório.

O incidente resultou em uma série de erros de navegação, mas os 153 passageiros e quatro comissários do Airbus A320 saíram ilesos durante o voo de duas horas e 35 minutos.

O ministério dos transportes “repreende fortemente” a Batik Air pelo incidente, disse o diretor-geral dos transportes aéreos, M. Kristi Endah Murni, apelando às companhias aéreas que prestem mais atenção ao tempo de descanso da sua tripulação aérea.

“Realizaremos uma investigação e revisão da operação de voo noturno na Indonésia relacionada com o gerenciamento de risco de fadiga para a Batik Air e todos os operadores de voo”, disse Kristi em comunicado.

Segundo reportagem do Daily Mail, a Batik Air disse em comunicado no sábado que “opera com uma política de descanso adequada” e que está “comprometida em implementar todas as recomendações de segurança”.

Os pilotos envolvidos no incidente de 25 de janeiro foram temporariamente suspensos, acrescentou o comunicado.

O avião pousou em segurança após o incidente.

Os investigadores não identificaram os pilotos, mas disseram que ambos eram indonésios e tinham entre 32 e 28 anos.

O ministério dos transportes da Indonésia disse que abriria uma investigação sobre a companhia aérea.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.