Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Luiz Fara Monteiro
Publicidade

Quatro dias após ocorrência, 43 pessoas do voo da Singapore permanecem internadas

Pacientes estão em 3 diferentes hospitais de Bangcok, onde a aeronave pousou após declarar emergência na última terça-feira (21)

Luiz Fara Monteiro|Luiz Fara MonteiroOpens in new window

Turbulênia no voo da Singapore: 43 pessoas seguem internadas (Aero Icarus - Wikimedia Commons)

Quarenta e três pessoas que estavam a bordo de um avião da Singapore Airlines que sofreu forte turbulência permanece hospitalizado em Bangkok quatro dias após a emergência, informou um hospital da capital tailandesa neste sábado (25).

Os 43 pacientes estão em três hospitais diferentes em Bangkok, informou o hospital Samitivej Srinakarin em comunicado.

No hospital Samitivej Srinakarin, onde estão 34 dos pacientes, sete estão em terapia intensiva – três australianos, dois malaios, um britânico e um neozelandês, segundo reportagem da Reuters.

Logo após a ocorrência foi divulgado pela mídia local que o número de feridos chegava a trinta. Mas o total de feridos chegou a 104. O paciente mais velho do hospital tem 83 anos e o mais novo, uma criança de dois anos que sofreu uma concussão, acrescentou a Al Jazeera.

Publicidade

Os outros 27 pacientes do voo incluem oito cidadãos britânicos, seis australianos, cinco malaios e dois filipinos, disse o comunicado.

Duas pessoas tiveram alta do Samitivej Srinakarin, enquanto duas do hospital Samitivej Sukhumvit foram transferidas para Samitivej Srinakarin para se juntarem a parentes hospitalizados, disse o comunicado.

Publicidade

Na quinta-feira, o diretor do hospital Samitivej Srinakarin disse aos repórteres que 22 pacientes sofreram lesões na medula espinhal e seis tiveram lesões cerebrais e cranianas, mas nenhum apresentava risco de vida.

Um passageiro morreu de suspeita de ataque cardíaco e dezenas ficaram feridos na terça-feira, depois que o voo SQ321 da Singapore Airline, voando de Londres para Cingapura, encontrou o que a companhia aérea descreveu como turbulência extrema e repentina enquanto sobrevoava Mianmar.

Publicidade

O voo transportando 211 passageiros e 18 tripulantes foi desviado para Bangkok para um pouso de emergência. O Boeing 777-300ER com destino a Cingapura foi desviado para Bangkok após o incidente no ar, fazendo um pouso de emergência às 15h45, horário local (08h45 GMT).



Os textos aqui publicados não refletem necessariamente a opinião do Grupo Record.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.