Logo R7.com
Logo do PlayPlus
O que é que eu faço Sophia
Publicidade

Tenho muitas despesas pra viver; consigo restituir tudo no IR 2021?

Contribuinte tem mulher, filhos, pais, sogros, paga pensão, escola, plano de saúde, e tem gastos com aluguel

O que é que eu faço Sophia|Sophia Camargo, do R7 e Sophia Camargo

Governo não reajusta a tabela do IR desde 2015
Governo não reajusta a tabela do IR desde 2015 Governo não reajusta a tabela do IR desde 2015
Sou separado e tenho um filho do primeiro casamento. Casei de novo e tenho mais dois filhos. Minha atual mulher ficou desempregada na pandemia. Pago também contas dos meus pais. Além da pensão para o meu filho (judicial)%2C também tenho gastos com meu aluguel%2C escola dos filhos%2C plano de saúde%2C médicos%2C gasolina%2C comida%2C luz%2C água%2C enfim%2C várias despesas para viver. Ao declarar imposto de renda consigo restituir boa parte dessas despesas%3F

(Pergunta do internauta R.)

Resposta: Das despesas que você comentou, as únicas que podem ser deduzidas sem limite no Imposto de Renda 2021 (desde que inteiramente comprovadas) são os gastos com médicos, hospitais e laboratórios, plano de saúde (caso você pague a totalidade do plano) e a pensão alimentícia judicial que paga para seu filho.

Algumas das despesas que citou nem sequer têm dedução permitida, como gastos com aluguel, água e luz de onde mora, ou o que paga de gasolina e condução para se locomover. 

Leia também

Com educação, é possível deduzir R$ 3.561,50 por ano com despesas com educação para cada dependente e o titular, mas isso não inclui as despesas com material e uniforme, por exemplo.

Além de não permitir que o contribuinte deduza muitos gastos, a situação fica ainda pior porque desde 2015 o governo não atualiza a tabela do Imposto de Renda, fazendo com que, na prática, os brasileiros paguem mais imposto a cada ano.

Publicidade

Veja quais são as despesas possíveis de serem deduzidas no IR para aumentar a restituição ou diminuir o imposto a pagar:

Pelo formulário completo (de deduções legais):

• R$ 2.275,08 por ano por dependente;

Publicidade

• R$ 3.561,50 por ano com despesas com educação para cada dependente e o titular;

• todas as despesas médicas, sem limite de gastos, desde que tenham comprovação (quem declarar despesa médica sem comprovação está sujeito a multa de até 150% do valor deduzido);

Publicidade

• todas as despesas com pensão alimentícia judicial e por escritura pública, integralmente;

• contribuição previdenciária oficial;

• contribuição à previdência privada (PGBL) até o limite de 12% do total de rendimentos tributáveis;

• despesas declaradas no livro-caixa;

• contribuições aos Fundos dos Direitos da Criança e do Adolescente, Incentivo à Cultura e Incentivo à atividade audiovisual;

• aposentados e pensionistas com 65 anos ou mais têm direito a uma isenção de R$ 24.751,74 sobre os rendimentos de aposentadoria e pensão

Pelo formulário simplificado:

O formulário simplificado oferece um desconto de até 20% sobre os rendimentos tributáveis, sem necessidade de comprovação de quaisquer despesas, limitado ao valor de R$ 16.754,34.

Como decidir qual é o melhor formulário?

O próprio programa mostra qual é a melhor opção ao contribuinte. Para isso, é preciso preencher todas as fichas do programa com todas as informações disponíveis, tanto suas quanto dos dependentes.

Então, faça algumas simulações. Veja qual é a opção em que tem mais imposto a restituir ou menos imposto a pagar. (Se os dependentes tiverem renda, não se esqueça de que terá que declarar também, o que pode diminuir seu imposto a receber ou aumentar o imposto a pagar). Faça a simulação também sem os dependentes.

Depois de feitas essas simulações e descobrir qual é a melhor, não se esqueça de marcar, na declaração, a opção pela qual recebe mais imposto a restituir ou tem menos imposto a pagar.

__________________________

Tem alguma dúvida sobre economia, dinheiro, direitos e tudo mais que mexe com o seu bolso? Envie suas perguntas para “O que é que eu faço, Sophia?” pelo e-mail sophiacamargo@r7.com.

ARTE IR 2021 - PRAZO 31 MAIO - TIRA DÚVIDAS
ARTE IR 2021 - PRAZO 31 MAIO - TIRA DÚVIDAS ARTE IR 2021 - PRAZO 31 MAIO - TIRA DÚVIDAS

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.