R7 Planalto Após manifestações, TCU cancela sessão desta quarta-feira

Após manifestações, TCU cancela sessão desta quarta-feira

Suspensão ocorre em decorrência das restrições de acesso à região da Esplanada dos Ministérios, em Brasília

Na imagem, Tribunal de Contas da União

Na imagem, Tribunal de Contas da União

Saulo Cruz/TCU

Após as manifestações de 7 de setembro, a presidente do TCU (Tribunal de Contas da União), ministra Ana Arraes, decidiu cancelar a sessão telepresencial do plenário desta quarta-feira (8).

O cancelamento da reunião ocorre em decorrência das restrições de acesso à região da Esplanada dos Ministérios, em Brasília.

"A Secretaria das Sessões informa que, considerando a permanência das restrições de acesso à região da Esplanada de Ministérios, a Presidente do TCU, Ministra Ana Arraes, decidiu cancelar a Sessão Telepresencial do Plenário de hoje, 8 de setembro de 2021, mantendo-se inalteradas as demais atividades relativas ao funcionamento do Tribunal", diz o comunicado.

Uma série de manifestações mobilizou as capitais brasileiras na última terça-feira (7), data em que o país comemora os 199 anos da Independência. Formados principalmente por apoiadores do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), os atos desta terça-feira (7) ganharam força após embates do mandatário com o STF (Supremo Tribunal Federal).

O chefe do Executivo participou de atos em Brasília e São Paulo. "Não são fáceis as decisões. Não escolham o lado do conforto, sempre estarei ao lado do povo brasileiro. Esse retrato que estamos tendo nesse dia é de vocês. É o comunicado, é um ultimato para todos que estão na Praça dos Três dos Poderes, inclusive eu, o presidente da república", afirmou Bolsonaro.

Últimas