Record News Maior jardim botânico do Chile é consumido por incêndios florestais que já mataram 130 pessoas

Maior jardim botânico do Chile é consumido por incêndios florestais que já mataram 130 pessoas

Local era conhecido pelas 1.300 espécies de plantas e árvores, entre samambaias exóticas e cerejeiras japonesas

Dos 400 hectares do maior jardim botânico do Chile, menos de 2% saíram intactos depois que a região foi consumida pelos incêndios florestais que castigam o país. O jardim deve reabrir ao público em algumas semanas, mas vai levar ao menos cinco anos para recuperar a aparência de antes. Desde o início dos incêndios, mais de 130 pessoas morreram.

Últimas