Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Peixes com excesso de mercúrio podem trazer malefícios

Grávidas e crianças são as mais afetadas pela contaminação

Record News|

Apesar de ser uma proteína nutritiva, a recomendação da OMS (Organização Mundial da Saúde) é consumir peixes entre duas a três vezes por semana. E é preciso ter cuidado com a quantidade e o tipo do alimento. Segundo a nutricionista Juliane Pacheco, os peixes maiores são os mais contaminados por mercúrio. O excesso dessa substância prejudica, principalmente, grávidas e também crianças, que podem apresentar dificuldade na fala e aprendizado. 

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.