Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Veja a ferramenta de inteligência artificial que ajuda a encontrar focos do mosquito da dengue

Software identifica imóveis com sinais de precariedade, prováveis criadouros do Aedes aegypti

Record News|

Uma ferramenta de inteligência artificial criada por pesquisadores da USP (Universidade de São Paulo), da UFMG (Universidade Federal de Minas Gerais) e da Universidade de Sheffield, da Inglaterra, permite identificar prováveis concentrações do mosquito da dengue, o Aedes aegypti. O programa classifica o nível de preocupação a partir de cores: o vermelho sinaliza áreas críticas, o azul as de risco razoável e o verde as de risco baixo. A partir de imagens do Google Street View, o software analisa as condições dos imóveis e avalia se o local pode ser um possível criadouro. Rachaduras, caixas d'àgua expostas e terrenos baldios são alguns indícios. 

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.