Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Renda Extra
Publicidade

Disparam as contratações de fim de ano no comércio; área de vendas é destaque

Portal de recolocação profissional teve 49.093 vagas anunciadas entre setembro e novembro, contra 6.534 de junho a agosto

Renda Extra|Do R7

Oferta de vagas em vendas aumentou mais de sete vezes de setembro a novembro
Oferta de vagas em vendas aumentou mais de sete vezes de setembro a novembro Oferta de vagas em vendas aumentou mais de sete vezes de setembro a novembro

As contratações de fim de ano no comércio, que começaram em agosto, chegaram à melhor fase um pouco antes da Black Friday, e a expectativa é de que as empresas reforcem ainda mais seus quadros em dezembro, visando as festas de Natal e Ano-Novo. Prova disso é que as vagas apenas para os cargos de assistente de loja e promotor de vendas dispararam nos últimos meses: de 1.245 oportunidades anunciadas entre junho e agosto, houve um salto para 28.848 nos três meses seguintes, de setembro a novembro, segundo levantamento do portal Empregos.com.br

No ranking dos postos de trabalho com maior necessidade de contratação neste fim de ano estão, segundo a empresa de recolocação, assistente de vendas, com a abertura de 7.113 vagas entre setembro e novembro, estágio em atendimento, com 5.118, e operador de loja, com 2.368. Além dessas, assistente de vendas, vendedor interno e analista de vendas apresentaram, cada uma, mais de 1.500 oportunidades. 

No período anterior, de junho a agosto, a oferta era bem inferior: para assistente de vendas, por exemplo, foram publicados apenas 66 anúncios. A posição com mais procura por profissionais foi a de operador de loja, com 1.496, 900 a menos que nos três últimos meses.

Ao todo, entre setembro e novembro, foram anunciadas no portal 49.093 vagas para profissionais de vendas, contra 6.534 de junho a agosto, mais de sete vezes mais.

Publicidade

Entre os dez cargos com maior número de vagas abertas neste fim de ano, apenas dois não estão relacionados diretamente ao comércio: porteiro, com 1.901 ofertas, e atendente de telemarketing, com 1.505, entre setembro e novembro.

Tábata Silva, gerente do Empregos.com.br, diz que, além das datas tradicionais que movimentam o comércio nesta época, a Copa do Mundo estimulou a abertura de vagas no setor. “O fim de ano é um período muito bom para quem busca recolocação profissional. Muitas vagas abertas nesta fase de aquecimento do comércio são temporárias e não exigem experiência. As empresas, no entanto, estão de olho nesses novos trabalhadores, e não costumam deixar escapar os profissionais que se destacam, oferecendo a eles a possibilidade de efetivação.”

Publicidade

Para quem é contratado por tempo determinado, mas tem o desejo de continuar na empresa, a dica da especialista é demonstrar interesse pela permanência, ser proativo e apresentar soluções, além de criar uma relação positiva com a equipe, pois os gestores ficam atentos à atuação do profissional no dia a dia. “Se o empregador perceber que você tem potencial, o trabalho temporário pode virar um trabalho permanente”, afirma Tábata.

Bruno Rizzato, diretor-geral do Trampolim, aplicativo de vagas colaborativas, fala que o trabalho temporário é uma chance para quem está desempregado conseguir voltar ao mercado de trabalho. Por isso, ele recomenda que os candidatos preparem seu currículo sob medida para essas vagas. “No histórico profissional, destaque se você já teve alguma experiência com trabalho temporário. Se é a sua primeira vez, deixe um breve histórico, e fale sobre suas habilidades ligadas principalmente à tecnologia e atendimento ao público”, orienta.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.