Rio de Janeiro Empresário que simulou o próprio sequestro é achado pela polícia dormindo na própria cama, no Rio

Empresário que simulou o próprio sequestro é achado pela polícia dormindo na própria cama, no Rio

Ao ser questionado pelos investigadores, ele alegou que estava com dívidas, tentou oferecer dinheiro aos agentes e acabou preso 

  • Rio de Janeiro | Bruna Oliveira, do R7, com Record TV Rio

Empresário foi encontrado pela polícia dormindo na própria cama

Empresário foi encontrado pela polícia dormindo na própria cama

Reprodução

Um empresário que simulou o próprio sequestro acabou preso em flagrante, na quinta-feira (22), no município de Itaguaí, na região metropolitana do Rio.

Segundo a polícia, o sócio do comerciante do ramo de veículos registrou o caso na DAS (Delegacia Antissequestro). Os agentes iniciaram a investigação com o objetivo de libertar a suposta vítima e prender os envolvidos.

Durante as buscas pelo possível cativeiro, os policiais retornaram à casa do empresário e o encontraram, por volta das 3h, dormindo na própria cama.

Ao ser questionado pelos investigadores, ele confessou ter simulado o próprio sequestro porque estava com dívidas e ofereceu dinheiro aos agentes para não ir para a cadeia. O empresário vai responder pelos crimes de extorsão e corrupção ativa.

Em entrevista à Record TV Rio, o delegado Cláudio Gois, responsável pela investigação, explicou que o homem forjou o crime por não ter o valor de um suposto investimento para devolver, após ter recebido R$ 75 mil do sócio.

Ainda de acordo com o delegado, o empresário desapareceu na noite de terça (20), e, na quarta (21), pessoas ligadas a ele passaram a receber mensagens com um pedido de R$ 300 mil para o resgate. A família achou que fosse trote, mas o sócio ficou preocupado e procurou a delegacia.

Últimas