Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Entregadora agredida por ex-atleta de vôlei no Rio acaba presa por ser procurada pela Justiça de SP

Segundo pessoas ligadas a Viviane Maria, ela está abalada e não tinha conhecimento da acusação 

Rio de Janeiro|Do R7

Entregadora se apresentou à 15ª DP (Gávea)
Entregadora se apresentou à 15ª DP (Gávea) Entregadora se apresentou à 15ª DP (Gávea)

A entregadora de aplicativo que aparece em imagens compartilhadas nas redes sociais ao ser agredida pela ex-atleta Sandra Mathias de Sá Côrrea em São Conrado, na zona sul do Rio, acabou presa ao se apresentar na delegacia para prestar depoimento sobre o caso, no fim de semana.

• Compartilhe esta notícia pelo WhatsApp

• Compartilhe esta notícia pelo Telegram

Procurada pela Justiça de São Paulo, Viviane Maria era alvo de um mandado de prisão em um processo que apura o crime de tráfico de drogas.

Publicidade

Morador da Rocinha e representante da Faferj (Federação das Associações das Favelas do Rio de Janeiro), Willian de Oliveira disse ao R7 que a entregadora está muito abalada e não tinha conhecimento da acusação.

Leia também

Segundo o representante da Faferj, Viviane já foi ouvida na 15ª DP (Gávea), no inquérito sobre o caso de agressão, no qual ela é uma das vítimas. Ele informou também que a entregadora está sendo acompanhada por uma advogada e recebe o apoio de lideranças da comunidade onde vive há dez anos e do movimento LGBTQIA+.

Publicidade

Willian acrescentou, ainda, que Viviane trabalhava normalmente e nunca teve nenhum problema ao ser parada em blitze, tendo apresentado a documentação dela. 

O R7 tenta localizar a defesa de Viviane. O espaço está aberto para manifestação.

Procurada, a Polícia Civil declarou que o mandado de prisão foi cumprido na 15ª DP e informou que o caso está com a Justiça de São Paulo. 

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.