Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Justiça do Rio realiza primeira audiência de madrasta acusada de envenenar enteados

Cíntia Mariano responde pelo homicídio de Fernanda Cabral e pela tentativa de homicídio de Bruno Cabral

Rio de Janeiro|Do R7

Cíntia Mariana é acusada de envenenar os enteados
Cíntia Mariana é acusada de envenenar os enteados Cíntia Mariana é acusada de envenenar os enteados

Nesta sexta-feira (30), a Justiça do Rio realiza a primeira audiência do processo contra Cíntia Mariano Dias Cabral, acusada de envenenar os enteados Bruno e Fernanda Cabral. A sessão será às 13h, no 3º Tribunal do Júri da Capital, no centro do Rio.

Cíntia se tornou ré em julho, quando a Justiça aceitou a denúncia do MP-RJ e decretou a prisão preventiva dela. Ela responde pelo homicídio de Fernanda, de 22 anos, e pela tentativa de homicídio de Bruno, de 16.

Bruno e Fernanda foram envenenados
Bruno e Fernanda foram envenenados Bruno e Fernanda foram envenenados

De acordo com as investigações, Fernanda e Bruno passaram mal após terem comido pratos preparados pela madrasta. Os casos ocorreram em um intervalo de dois meses.

Em março, a jovem morreu após ficar 13 dias internada. Na ocasião, os médicos não conseguiram fechar um diagnóstico. Já Bruno sobreviveu por ter desconfiado da intoxicação. Ao procurar o hospital, ele recebeu atendimento e se recuperou.

Publicidade

A Polícia Civil abriu uma investigação sobre o envenenamento dos irmãos somente depois do ocorrido com o adolescente. De acordo com o delegado que apurou o caso, os laudos periciais confirmaram a intoxicação das vítimas por chumbinho.

Além disso, o próprio filho de Cíntia disse que a mãe revelou os crimes a ele. No entanto, os advogados da acusada negam que ela tenha confessado.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.