Rio de Janeiro Motorista é baleado por PM na zona norte do Rio; corporação alega disparo acidental

Motorista é baleado por PM na zona norte do Rio; corporação alega disparo acidental

Diogo Cunha, de 35 anos, está internado em estável no Hospital Salgado Filho, após ter sido atingido por tiro de fuzil no Jacaré

  • Rio de Janeiro | Victor Tozo*, do R7, com Aline Pacheco, da Record TV Rio

Diego foi baleado no abdome

Diego foi baleado no abdome

Reprodução/Record TV Rio

Um motorista de aplicativo foi baleado por um policial militar no Jacaré, na zona norte do Rio de Janeiro, na noite desta quinta-feira (15). A corporação alega que o agente disparou acidentalmente contra Diego da Cunha Abreu, de 35 anos.

O homem foi parado por PMs da UPP (Unidade de Polícia Pacificadora) Jacaré que, segundo a polícia, faziam um patrulhamento próximo à comunidade do Xuxa.

Enquanto abordavam Diego, o fuzil de um dos agentes teria enrolado na bandoleira, um tipo de corrente que segura a arma junto ao ombro do policial, e feito o disparo contra o abdome da vítima.

Em vídeos enviados à Record TV Rio, testemunhas que gravaram o ocorrido afirmaram que os envolvidos demoraram até prestar socorro a Diego, que ficou caído no chão.

Segundo a PM, Diego foi levado pelos policiais até a UPA do Engenho Novo, de onde ele foi encaminhado ao Hospital Municipal Salgado Filho, no Méier. Ele foi operado e apresenta quadro de saúde estável, conforme informado pela equipe médica.

A Polícia Militar afirmou que a Coordenadoria de Polícia Pacificadora irá abrir um procedimento apuratório a respeito da ocorrência. O caso também é investigado pela Polícia Civil, através da 25ª DP (Engenho Novo).

*Estagiário do R7, sob supervisão de PH Rosa

Últimas